Participar numa meia maratona em Lisboa e ter o privilégio de correr sobre a Ponte 25 de Abril.

Percorrer as tendas da Feira de Velharias e Antiguidades de Estremoz em busca de uma peça única

 

Descobrir a ligação entre o Porto e a famosa saga Harry Potter

Explorar a Costa Vicentina, percorrendo a estrada junto ao mar até ao Cabo Sardão e aproveitando para observar as cegonhas marinhas.

Subir os 686 degraus da escadaria impressionante que culmina com o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios de Lamego

Alugar um barco e contemplar o pôr-do-sol enquanto percorremos o rio Tejo.

 

Acampar na praia fluvial do Tabuão e assistir ao festival de música de Paredes de Coura

 

Deixar-se levar pela saudade portuguesa no Sr. Fado, em Lisboa, uma das casas mais autênticas na capital.

Tomar um banho com o Oceano Atlântico como vista nas Piscinas das Marés, em Leça de Palmeira

Percorrer o encantador bairro de Beira Mar e perder-se pela sua rede de canais em Aveiro, a Veneza de Portugal

 

Ir até Alcoutim e atravessar o Guadiana de barco até ao lado Espanhol.

 

Contemplar o pôr-do-sol a partir de uma destas 3 localidades no Alentejo: Marvão, Monsaraz ou Évoramonte.

Comer um arroz de lingueirão em Tavira, sugerindo-se o restaurante Noélia & Jerónimo

 

Viajar no tempo nas espectaculares ruínas romanas de Conímbriga, perto de Coimbra

Assistir à Festa das Flores de Campo Maior

Sentir a imensidão da natureza, acampando um fim-de-semana no Parque Nacional da Peneda-Gerês

 

Sentir-se como se estivesse em Roma, percorrendo o belo centro histórico de Braga

 

Comer sardinhas no bairro de Madragoa durante as festas do Santo António, em Lisboa

Deixar-se estremecer com o rugir das ondas a bater nas rochas da misteriosa Boca do Inferno, perto de Cascais

 

Entregar-se de corpo e alma à Queima das Fitas de Coimbra

Visitar o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental de Portugal continental, “onde a terra se acaba e o mar começa”.Tomar um café no Martinho da Arcada, em Lisboa, no local onde Fernando Pessoa escreveu grande parte dos seus poemas

 

Sentir o fervor religiosa de Fátima, o lugar de peregrinação mais famoso do país.

Comer o famoso choco frito na cidade de Setúbal

Sentir-se apertado nas Festas do São João no Porto, a noite mais longa do ano na Invicta.

 

Cavalgar um imponente cavalo numa praia deserta, quase selvagem, na Comporta.

 

 

Tomar banho na piscina fluvial de Piódão, uma das aldeias mais bonitas do país 

Desfrutar da paisagem absolutamente mágica na Lagoa das Sete Cidade, na Ilha de São Miguel, nos Açores.

Fazer uma visita na nova coqueluche lisboeta – o MAAT (Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia).

Relaxar ao sábado à tarde na praia do Meco e deixar-se ‘entrar’ na noite dançando ao som da música do Bar do Peix

 

Entrar num barco para visitar as grutas e formações rochosas da Ponta da Piedade, em Lagos, Algarve.

 

Subir a bordo de um comboio a vapor e percorrer o trajecto entre o Peso da Régua e o Tua.

 

Fazer uma refeição de peixe em Porto Covo, uma vila piscatória em plena Costa Vicentina

 

Sentar-se nas dunas douradas da praia do Guincho, uma das mais bonitas do país.

 

Beber um copo de água quente nas termas de Chaves, as termas com as águas mais quentes da Europa.

 

O vinho do Porto, claro, ficando a sugestão de uma visita às caves para uma verdadeira degustação.

Provar os pasteis de Belém da Antiga Confeitaria de Belém em Lisboa, uma autêntica obra de arte da pastelaria portuguesa.