O incidente começou com uma onda gigante, seguida de outras de forte intensidade, noticia o jornal Diário de Notícias.

Várias crianças foram arrastadas pela onda, e segundo testemunhas, ouviram-se gritos de aflição. As mesmas fontes, citadas pelo DN, referiram que a intervenção dos nadadores-salvadores e de outros banhistas foi importante. Três crianças e um turista sofreram arranhões, mas, segundo a TVI24, a Proteção Civil dos Açores disse não ter recebido qualquer alerta para feridos.