Fica a conhecer a lista das cidades de Portugal mais baratas para viver este estudo é relativo a valor de rendas já o custo da alimentação não varia muito, mais a baixo podes encontar a lista das cidades mais caras para viver em Portugal

Guarda – 280,94 euros

A Guarda é igualmente conhecida pela cidade dos cinco F’s: Forte, Farta, Fria, Fiel e Formosa. Vários pontos de interesse existem tanto na Guarda como nos seus arrabaldes, do qual o exemplo mais marcante é a sua Sé Catedral, (cuja construção iniciou em finais do século XIV e foi longamente prolongada) de características góticas e manuelinas.

Bragança – 298,13 euros

Bragança, cidade sede de distrito e município, situada no extremo Norte de Portugal, próxima da fronteira com Espanha, na região anteriormente conhecida como Trás-os-Montes, é uma histórica e bem antiga cidade em que, a dificuldade de acessos e a localização num dos extremos do País, permitiu a manutenção de tradições e costumes por longos séculos.

Viseu – 300 euros

Bem no centro de Portugal, erguendo-se sobre um saudável planalto rodeado por serranias e pelos rios Vouga e Dão (em cujas encostas nasce o excelente vinho do Dão), Viseu recebeu em 1993 o prémio Quercus pela preservação ímpar dos seus espaços verdes. Coroa o planalto a imponente Sé, mas no tempo da ocupação de Roma a população distribuía-se pela sua parte mais baixa, onde se situa a Cava de Viriato e o Parque do Fontelo.

Braga – 305,88 euros

Também no norte de Portugal, a cidade de Braga tem valores médios de € 290,00 para um apartamento de um quarto (T1), € 400,00 para dois quartos (T2) e € 550,00 para três ou mais quartos.

Braga é uma cidade, sede de concelho e distrito, das mais antigas e bonitas de Portugal, sendo igualmente uma das cidades cristãs mais antigas de todo o mundo, e um dos mais importantes centros religiosos do País. Baptizada pelos Romanos de Bracara Augusta, sendo na altura a maior cidade em território hoje Português, é igualmente conhecida hoje em dia pela “Cidade dos Arcebispos” ou mesmo pela “Roma Portuguesa”.

Leiria – 310 euros

Capital de Distrito e Concelho, Leiria, situada no Centro de Portugal é uma bonita cidade de forte cariz histórico banhada e influenciada pelos Rio Lis e Lena. O Castelo é o símbolo máximo de Leiria e daqui se desenrolou a sua história e desenvolvimento, tendo sido um importante marco da nacionalidade Portuguesa, contudo a região era habitada pelo homem desde tempos bem mais remotos, como são testemunho os diversos achados arqueológicos nesta área.

Viana do Castelo – 312,73 euros

Viana do Castelo foi fundada em 1258 pelo rei D. Afonso III, com o topónimo de Viana da Foz do Minho, mas toda a sua região conta com a presença de tribos e povos bem anteriores, como comprovam as ruínas de um castro ou citânia, provavelmente da Idade do Ferro, no topo o lindíssimo Monte de Santa Luzia. A cidade, sede de distrito e município, localiza-se junto à bela foz do rio Lima, tendo no mar uma das suas principais características e influências. Viana do Castelo está situada num local abençoado pela natureza, marcado pelo Verde Minho e o profundo azul do Mar e do Rio Lima que a acompanha, concedendo paisagens únicas e inesquecíveis.

Aveiro – 328,03 euros

A cidade de Aveiro é capital de Distrito, situa-se na região centro, tem cerca de 60 mil habitantes, é também sede de município, com uma área de 199 quilómetros quadrados e 73 626 habitantes, distribuídos por 14 freguesias. A elevação de Aveiro a cidade, verifica-se em 1759, no reinado de D. José I.   Aveiro, devido à situação geográfica, junto à Ria de Aveiro, com exploração das salinas, a pesca e o comércio marítimo, fixou a população nesta zona e já existia antes da formação da nacionalidade, vindo a ser elevada a vila, no século XIII, mas o primeiro foral atribuído à vila, data de 1515, no reinado de D. Manuel.

Castelo Branco – 337,50 euros

Situada na Beira Baixa, a cidade de Castelo Branco é sede de distrito e de um dos maiores concelhos do País, no centro de uma vasta região planáltica, entre as bacias dos rios Pônsul e Ocresa. Castelo Branco deve o seu nome à existência de um castro luso-romano, Castra Leuca, no cimo da Colina da Cardosa, de onde se desenrolou o povoamento desta localidade, então apelidada Albi Castrum.

Santarém – 363,75 euros

Santarém situa-se em pleno Ribatejo, no centro do País, e é das cidades mais antigas e históricas de Portugal, sede de concelho e de distrito. A fundação da cidade de Santarém tem origens míticas, reportando à mitologia greco-romana e cristã. Os primeiros vestígios documentados da ocupação humana remontam ao século VIII a.C.. Em 138 a.C. chegaram os romanos ao antigo povoado, designando-o como “Scallabis”, tornando-se neste período no principal entreposto comercial do médio Tejo e num dos mais importantes centros administrativos da província Lusitânia.

Lista das cidades mais caras para viver em Portugal

Funchal – 380 euros

A bonita cidade do Funchal, sede de concelho e capital do Arquipélago da Madeira, encontra-se situada na maravilhosa Ilha da Madeira, constituindo o maior pólo turístico, cultural, artístico e político do arquipélago. Pleno de história, cosmopolitismo, cultura e uma fantástica vida própria, o Funchal tem muito para ver e admirar, começando pelos núcleos históricos das suas freguesias, como os de São Pedro, de Santa Maria ou da Sé, que convidam a agradáveis passeios.

 Coimbra – 403,13 euros

Coimbra, cidade sede de concelho e distrito, e principal cidade do Centro de Portugal, é uma das mais históricas localidades do País, dona de um património riquíssima, banhada pelo notável rio Mondego. A presença humana nesta região abençoada pela natureza, com a mais valia de um Mondego navegável, vem de tempos remotos, tendo sido ocupada pelos Celtas, e culturalmente transformada pelos Romanos. Visigodos, entre 586 e 640 deixaram igualmente a sua marca, passando para o domínio Muçulmano em 711.

Na região centro de Portugal, o aluguel em Coimbra para um imóvel de um quarto (T1) tem média € 300,00. Já um apartamento de dois quartos (T2) fica em média € 450,00 e uma moradia com três quartos ou mais tem preço médio de € 550,00.

Porto – 462,29 euros

Capital e porta de entrada da região norte, o Porto é uma cidade antiga que deu nome a Portugal e a um vinho conhecido nos quatro cantos do mundo: o Vinho do Porto. Com uma situação magnífica junto da foz do Douro e um conjunto arquitectónico de valor excepcional, o centro histórico do Porto é Património da Humanidade desde 1996.

Já no norte do país, na cidade do Porto (segunda maior de Portugal) o aluguel de um apartamento de um quarto (T1) sai por € 500,00 mensais. Um imóvel de dois quartos (T2) fica em média € 700,00 e um imóvel de três ou mais quartos (T3 e T4) é alugado por € 900,00.

Lisboa

Na capital do país, em Lisboa, os preços de aluguel são os mais altos, assim como no seu entorno em Cascais e Estoril. Um apartamento com um quarto em Lisboa (chamado de T1) tem a média de € 650,00 por mês. Já um apartamento de dois quartos (T2) tem o valor médio de € 850,00. E um imóvel com três ou mais quartos (T3 ou T4) fica por € 1.100,00 podendo chegar aos € 2.500,00em uma área mais nobre e central da capital.

Cascais

Já em Cascais (praia ao lado de Lisboa) os valores para um imóvel de quarto (T1) tem valores médios de € 650,00. Já um apartamento de dois quartos (T2) tem média de € 850,00. E uma moradia de três ou mais quartos pode variar entre € 1.200,00 até € 4.000,00 (com vista para o mar). A maioria dos imóveis são totalmente mobiliados. Cascais é conhecida por ser uma excelente cidade para se morar, pela sua qualidade de vida, proximidade com a capital Lisboa, aeroporto internacional, além de suas belas praias.

Faro

Já no Algarve, região sul e queridinha de Portugal pela suas belas praias e paisagens, a média de valores para um apartamento de um quarto (T1) é de € 400,00 por mês. Já um imóvel de dois quartos (T2) tem média de € 550,00 e um de três quartos (T3) sai por € 800,00 ao mês.

Custo de Vida em Portugal 2018 guia completo

Custo de Vida em Portugal relatando os principais itens que compõem as despesas mensais de uma pessoa em todo o país e também em cinco cidades que despertam interesse dos brasileiros que querem emigrar para lá.

Qual é o custo de vida em Portugal?

Recentemente, a pesquisa universitária “Rendimento Adequado em Portugal (raP)” concluiu que para se “viver com dignidade” em Portugal seriam necessários 783€ para uma pessoa solteira e um casal com um filho pequeno precisaria de pelo menos 1.800€.

No entato, o salário mínimo atual está muito aquém deste valor (580€ em 2018). Já a média salarial, segundo a PORDATA, em 913,90€, em valores brutos (normalmente esta média é mais comum entre os que possuem licenciatura e até mestrado). O que se vê entre os que não possuem ensino superior é que a média salarial cai para cerca dos 600€.

Abaixo é possível ver um pequeno quadro com alguns preços médios na moeda local.

Quanto custa um aluguel em Portugal

Sites para alugar casa e quartos em Portugal

Existem vários, mas o que mais uso para procurar são:

 Os ultimos dois sites erasmusu e a uniplaces são sites para alugamente de curta duração feitos para estudantes

Cidades em Portugal

Normalmente, os brasileiros procuram as cidades de Portugal mais populosas para morar. Abaixo é possível ver as cinco primeiras, segundo o Census 2010.

1- Lisboa: 552.700 habitantes | extensão: 84,8 km² Lisboa e arredores 2 milhões de habitantes 
2- Porto: 237.591 habitantes | extensão: 41,42 km²
3- Vila Nova de Gaia: 186.502 habitantes | extensão: 168,7 km²
4- Amadora: 175.136 habitantes | extensão: 23,77 km²
5- Braga: 136.885 habitantes | extensão: 183,5 km²