Na lista da Forbes que junta dez nomes no total, estão ainda o Ceia, no hotel Santa Clara 1728, ou o Epur, no Chiado, com Vincent Farges, o ex-chef da Fortaleza do Guincho. 

Erva

 

Na carta, criada pelo chef Carlos Gonçalves, responsável por todos os espaços do Corinthia hotel, não falta o couvert com uma seleção de manteigas frescas, pão e azeite virgem extra (4,50€) e há também alguns snacks, um género de amuse bouche para comer de uma só vez. As gambas marinadas, abacate e pele de frango crocante (6€) são uma das opções.

Morada: Av. Columbano Bordalo Pinheiro, 105, Lisboa

 

Picamiolos

 

Pétalas de toucinho, focinho de porco grelhado, miolos de borrego panados e orelha de porco grelhada. Estas são algumas das propostas do Picamiolos, no Cais do Sodré, em Lisboa. O espaço está aberto desde 23 de outubro, e é uma parceria entre o chef José Júlio Vintém, do conhecido Tomba Lobos, em Portalegre, e os responsáveis pelo By The Wine, o restaurante da Rua das Flores, em Lisboa.

Morada: Rua do Corpo Santo, 2, 1200-130 Lisboa

 

100 Maneiras

 

Depois de vários meses de atraso por causa das obras de renovação do espaço, o restaurante de Ljubomir Stanisic está em funcionamento desde 28 de fevereiro, mas apenas serve um menu de degustação — que custa 110€, sem bebidas incluídas. Não pode pedir à carta, nem existe uma ementa pensada para vegetarianos, que era um dos objetivos do chef para esta versão do 100 Maneiras.

Morada: Rua do Teixeira, 39, Lisboa

 

Attla

 

Durante 17 anos, André Fernandes fartou-se, no bom sentido, de responder “oui chef”. Trabalhou em cozinhas de todo o mundo ao lado de chefs como Javier Pelicier, Jordi Cruz, Eric Guerin ou Alain Ducasse. Paris, Zurique, Rio de Janeiro e Barcelona foram algumas das cidades por onde passou. Desde 15 de dezembro que tem um restaurante próprio em Lisboa. Abriu o Attla juntamente com o sub chef João Almeida.

Morada: R. Gilberto Rola 65, 1350-111 Lisboa

 

BouBou’s

 

As especialidades da casa, às quais chamam “Go Big or Go Home”, são servidas em doses para duas ou quatro pessoas. No peixe, há polvo grelhado com batata doce e Harissa aioli (42€ e 84€). Quanto à carne, pode pedir o Kebab de cordeiro com pão pita e condimentos asiáticos (44€ e 64€).

Morada: R. Monte Olivete 32A, Lisboa

 

Ceia

 

Só comem 14 pessoas na mesa do Ceia, o restaurante que Pedro Pena Bastos abriu no verão de 2018 em Lisboa. O projeto entrou na segunda fase no início de 2019 com uma renovação do menu. A degustação custa 100€. Pode ser harmonizada com vinhos  (150€), mas também com sugestões não alcoólicas.

Morada: Campo de Santa Clara, 128, Lisboa

 

Epur

 

Já tinha sido falado para estrela Michelin, mas Vincent Farges não tem pressa. O chef deixou a Fortaleza do Guincho e abriu em abril de 2018 um projeto próprio em Lisboa. O Epur fica no Largo das Belas Artes e  tem vista para o Tejo. Há três menus para escolher: o de quatro momentos (90€); o de seis (125€); e o de oito (160€).

Morada: Largo da Academia das Belas Artes 14, Lisboa

 

Sála by Joao Sá

 

O espaço está aberto desde 3 de outubro, é o segundo a solo do chef, depois da estreia em 2009 com o G-Spot, em Sintra. Neste restaurante perto do Campo das Cebolas, ao contrário do anterior, não existe um menu de degustação mas sim uma carta que não tem um formato demasiado rígido, podendo ter cerca de 20 pratos.

Morada: Rua dos Bacalhoeiros, 103, Lisboa

 

Seen Lisboa

 

O último piso do Tivoli Liberdade ficou diferente no início de novembro. Olivier abriu um novo conceito na cidade com propostas diferentes das que tem noutros espaços da cidade. O Seen está moderno, com uma linha que vai buscar alguns pormenores aos anos 30, e usa muitos tecidos com padrão, madeira, latão e até veludo.

Morada: Avenida da Liberdade 185, Lisboa

 

A Taberna do Mar

 

Sardinha, carapau, cavala, choco e lula. Estes são os peixes que estão na base das peças criativas d’A Taberna do Mar, o restaurante que os chefs Filipe Rodrigues e Hugo Gouveia acabaram de abrir na Graça, em Lisboa. O peixe é todo nacional, mas a técnica que usam é japonesa, por isso espere encontrar alguns niguiris e sashimi no menu.

Morada: Calçada da Graça 20B, Lisboa