As 10 melhores coisas para fazer no inverno em Vila do Bispo

As 10 melhores coisas para fazer no inverno em Vila do Bispo

Praia do Barranco Vila do Bispo





A Praia do Barranco é dona de uma grande beleza natural, rodeada de uma paisagem verdejante e do azul do mar, sendo conhecida por ser muito frequentada por artistas, conferindo-lhe um ambiente alternativo muito próprio. 

As águas são calmas devido ao abrigo proporcionado pelas pontas das falésias nos extremos que formam uma baía. À entrada, existe um pequeno sistema dunar sem proteções, onde vem desaguar a Ribeira de Benaçoitão.

A Praia do Barranco é dona de uma grande beleza natural, rodeada de uma paisagem verdejante e do azul do mar, sendo conhecida por ser muito frequentada por artistas, conferindo-lhe um ambiente alternativo muito próprio.Aluguer de toldos, espreguiçadeiras, Bar, Restaurante, Instalações sanitárias, Praia vigiada, Mergulho, Prática de nudismo, Bodyboard, Surf.



Praia da Lota





A praia da Lota, também designada Praia do Alto ou Praia do Sí­tio do Alto, é uma praia situada na extremidade oriental da linha costeira da freguesia de Vila Nova de Cacela, concelho de Vila Real de Santo António, no Algarve, Portugal. É ladeada a nascente pela Praia da Alagoa e a poente pela Praia da Manta Rota e constitui uma das praias da Baí­a de Monte Gordo.

Em 2015 tem atribuí­da a Bandeira Azul, atestando a boa qualidade das suas águas. Abonada por um mar calmo, a tí­pica aldeia piscatória rendeu-se ao turismo de massas.

A Praia da Lota surge na continuidade da Manta Rota, concentrando a atividade piscatória daquela povoação. Assim, e à medida que se atravessam os quase 200 metros de passadeira para alcançar o areal, observam-se diversas embarcações de pesca artesanal, casas de aprestos e as artes de pesca, trazendo a memória do tempo em que este areal era utilizado como lota e se vendia o peixe acabado de chegar da faina no mar.

A faina ainda se mantém, mas o uso do areal é agora essencialmente balnear, tratando-se duma praia imensa com diversos apoios ao lazer e uma área desportiva. As dunas são baixas tendo como vegetação dominante o estorno e o felpudo cordeirinho-da-praia, típicos da frente dunar. Mais para o interior abundam matagais dunares altos com o característico piorno-branco. A praia é relativamente tranquila, muito quente e luminosa, a rebentação é suave e os banhos mornos.



Praia dos Rebolinhos Vila do Bispo Algarve Costa Vicentina





O Martinhal situa-se para nascente da vila de Sagres e, embora ainda beneficie do abrigo proporcionado pela ponta da Baleeira, pode tornar-se bastante ventoso quando a nortada entra pelo amplo vale que antecede o areal. As águas são porém calmas e convidam à prática de windsurf e de mergulho, sendo frequentes as visitas subaquáticas aos cénicos ilhotes de natureza calcária que se situam ao largo da praia, afamados pelas suas grutas submarinas e vida marinha.

A praia é essencialmente arenosa, com dunas altas no centro do praia e vegetação de sapal a estender-se para o interior do vale; apenas para nascente as arribas voltam a marcar a paisagem. Encontram-se aqui as ruínas dum importante centro oleiro romano e, nos ilhotes, vestígios de tanques para salga de peixe.

Para nascente do Martinhal, surge um pequeno areal deserto, com acesso pedonal através da urbanização do Martinhal. Trata-se da Praia dos Rebolinhos que deve o seu nome ao calhau rolado que a preenche, os chamados “rebolinhos”.



Praia da Mareta Vila do Bispo Sagres Algarve





É a primeira praia da costa meridional, inserindo-se na ampla baía que nasce para leste do cabo de S. Vicente, o que a protege dos ventos e ondulações dominantes. Inserida na vila de Sagres, a Mareta é uma praia urbana e muito frequentada, apreciada por proporcionar banhos calmos e um bom ponto de partida para fazer canoagem ou mergulho nas grutas submersas da enseada.

O extenso areal, com quase 800 metros, encontra-se enquadrado por arribas calcárias que se elevam nas extremas da praia, assinalando-se o desenho retilíneo do cabo de S. Vicente a marcar a paisagem. Nestas formações rochosas distinguem-se enormes grutas e as plataformas de lapiás calcário colonizadas por plantas vistosas como o pampilho-marítimo. Caminhando para leste, o areal torna-se mais tranquilo.



Localização: Freguesia de Sagres – Praia Urbana (Sagres)

Acesso Viário: Estrada Pavimentada

Acesso Pedonal: Caminho Consolidado

Estacionamento: Pavimentado; Capacidade Aproximada de 170 Lugares

Tipo: Praia Marítima

Serviços: Cafés; Restaurantes; Aluguer de Cadeiras; Aluguer de Gaivotas e de Caiaques

Segurança: Vigiada pela capitania; Nadador Salvador

Areal: Areia Branca, com uma extensão de 700m

Dimensões com Praia-mar: 700m de comprimento x 50m de largura

Arribas: Calcários e Margas, abrigadas dos ventos predominantes (Noroeste)

Temperatura média da água: 22ºC – Verão

Atividades que podem ser desenvolvidas: Canoagem; Motas de Água; Caça Submarina; Pesca Desportiva; Snorkeling; Surf; Bodyboard





Praia do Zavial





A Praia do Zavial situa-se a sul da aldeia de Raposeira, no concelho de Vila do Bispo, no Algarve, Portugal. Fica numa pequena baí­a da costa sul do concelho, ladeada por rochas, a leste da vizinha Praia da Ingrina. Dispõe de alguns serviços de apoio aos banhistas.

Segundo os especialistas, a sua onda comprida e tubular é ideal para o surf e bodyboard, mas a Praia do Zavial tem outros atrativos para oferecer.Estando rodeada por falésias altas e nalguns casos abruptas, que a abrigam de ventos fortes, é uma praia muito procurada que, no entanto, mantém uma área menos frequentada na sua parte oriental, onde por vezes se pratica naturismo.

   

Praia das Velhas Vila do Bispo





Trata-se de uma praia acolhedora, e embora o areal seja mais extenso que na Boca do Rio, torna-se estreito na maré cheia, encaixado em arribas calcárias muito esculpidas e recortadas.

O areal alonga-se para nascente, delimitado por fim por um pontão muito utilizado como pesqueiro. Também aqui o abundante calhau rolado é usado pelos banhistas na construção de pequenos abrigos semicirculares de pedra que funcionam como corta-vento.

As encostas sobranceiras à praia estão cobertas por matos típicos do litoral rochoso, surgindo uma área de pinhal na encosta a poente. Vale a pena percorrer o sinuoso caminho litoral entre Cabanas Velhas e a Boca do Rio, onde se oferece uma fabulosa vista sobre o azul marinho do oceano enquadrado pelo verde denso da vegetação mediterrânica, e fazer uma paragem no Forte de Almádena, uma fortificação construída no séc. XVII para proteger a pesca de atum dos ataques de piratas do norte de África.



Praia da Figueira Vila do Bispo Algarve





A Praia da Figueira é uma praia na freguesia de Budens, concelho de Vila do Bispo, Algarve, em Portugal. Está localizada a oeste da Praia da Salema.

O acesso por automóvel implica deixar o carro a cerca de 500m da praia, sendo o posterior acesso pedonal feito através de um trilho estreito que percorre um vale com encostas verdejantes, áreas de pinhal e afloramentos rochosos calcários onde se avistam grutas. A praia é muito tranquila e tem um ar isolado do mundo. Existe no lado nascente uma ruí­na de uma fortificação do século XV.

Na Figueira, os carros ficam a cerca de 800 metros da praia e o acesso pedonal é feito através de um trilho estreito que percorre um dos vales mais bonitos deste litoral. Nas encostas verdejantes revestidas por matos mediterrânicos e pinhais, surgem imponentes afloramentos rochosos calcários onde se avistam grutas.

Na várzea da pequena ribeira, o visitante encontra pomares, sobretudo com figueiras e oliveiras e muita passarada entretida com os frutos.

A praia é muito tranquila e tem um certo ar de fim de mundo, possivelmente devido à ausência de veículos na paisagem. O areal é delimitado por arribas de cores quentes com formas muito curiosas, onde se avistam, a nascente, as ruínas de uma fortificação do séc. XVI. Também aqui o calhau rolado é usado pelos banhistas na construção de pequenos abrigos semicirculares de pedra que funcionam como corta-vento. Esta é uma praia tranquila e pouco frequentada.



Praia do Telheiro





Apesar de relativamente abrigada da nortada fria, esta é uma praia tranquila devido ao acesso que se faz por um trilho íngreme, percorrendo as bancadas calcárias da arriba até ao areal.

Na área envolvente dominam campos agrícolas e pastagens, e é comum o avistamento de aves de rapina, sobretudo falcões, em busca de alimento.

É a última praia a ocidente antes do cabo de S. Vicente e surpreende pela beleza e diversidade de formações rochosas, a que não será alheio o facto de ser este o ponto de encontro entre o maciço escuro de xisto que aflora na costa ocidental (antiga cadeia de montanhas, muito enrugada e deformada) e a orla sedimentar meridional, composta por arenitos alaranjados, pelo grés de Silves de cor rubra, e por calcários claros, caprichosamente esculpidos.

Diversas plantas aromáticas colonizam as bancadas calcárias da arriba; já junto da linha de água que alcança o areal desenvolve-se vegetação exuberante, com tamargueiras e caniços.



Praia de Santo António Vila Real de Santo António





A Praia de Santo António é uma praia situada na freguesia e concelho de Vila Real de Santo António, sendo a mais oriental do Algarve e de Portugal. Situa-se a nascente da Praia de Monte Gordo e a oeste da foz do rio Guadiana, fazendo assim parte da costa da baí­a de Monte Gordo, junto da Ponta da Areia. Tal como a vizinha Praia de Monte Gordo, dispõe de águas cálidas e calmas.

A praia é acessí­vel através de caminhos pela Mata Nacional das Dunas Litorais de Vila Real de Santo António ou, na época alta, por um comboio turí­stico, pelo valor de 1u20ac por percurso, disponibilizado pela Câmara de Vila Real de Santo António.

A foz do Guadiana, a Mata Nacional e a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António dão o enquadramento paisagí­stico.

O concelho de Vila Real de Santo António, bastante privilegiado pelas suas magníficas praias, além das qualidades naturais e únicas que as caracterizam, faz todos os anos um enorme esforço para que todos aqueles que nos visitam usufruam das melhores condições, situação que desde à muito reconhecida através da atribuição do galardão Bandeira Azul às praias do concelho, nomeadamente, Praia de Santo António, Praia de Monte Gordo, Praia da Lota e Praia da Manta Rota.

Esta praia situa-se junto à foz do Guadiana e continua a uma distância de 3 km, banhada por águas quentes e calmas, até à vizinhança de Monte Gordo. O Cerrado Nacional das Dunas Costeiras, uma floresta de pinheiros marítimos e de pedra que cresce nas dunas, dá uma sensação fresca e verde a este cenário mediterrânico, excessivamente quente, seco e luminoso. 

A maneira mais interessante de chegar à beira-mar é ao longo de um caminho pedestre e ciclístico chamado “Caminho dos Três Pauzinhos”, ao longo do qual também funciona um mini-trem. Este caminho passa por um grande pinhal onde se pode sentir os aromas das plantas de resina, tomilho e curry, que emitem um forte cheiro de caril. 

Visitantes atentos podem avistar os camaleões que se movem devagar e geralmente camuflados, caminhando pelo pinhal. Perto da praia, vassoura de véu de noiva, uma planta alta, típica das areias do leste do Algarve, prevalece. E nas cristas das dunas mais próximas do mar, você verá grama de praia. A foz do Guadiana pode ser vista a leste e, do outro lado do grande rio do sul, fica a Espanha.



Praia da Almádena Vila do Bispo no Algarve





A Praia de Almádena, ou Praia de Cabanas Velhas é uma praia na freguesia de Budens, no concelho de Vila do Bispo, no Algarve, Portugal. Fica do lado nascente do Forte de São Luís de Almádena, entre a Praia da Boca do Rio e a Praia do Burgau. É de pequena dimensão e estreita na maré cheia

Trata-se de uma praia acolhedora, e embora o areal seja mais extenso que na Boca do Rio, torna-se estreito na maré cheia, encaixado em arribas calcárias muito esculpidas e recortadas.

O areal alonga-se para nascente, delimitado por fim por um pontão muito utilizado como pesqueiro. Também aqui o abundante calhau rolado é usado pelos banhistas na construção de pequenos abrigos semicirculares de pedra que funcionam como corta-vento.

As encostas sobranceiras à praia estão cobertas por matos típicos do litoral rochoso, surgindo uma área de pinhal na encosta a poente. Vale a pena percorrer o sinuoso caminho litoral entre Cabanas Velhas e a Boca do Rio, onde se oferece uma fabulosa vista sobre o azul marinho do oceano enquadrado pelo verde denso da vegetação mediterrânica, e fazer uma paragem no Forte de Almádena, uma fortificação construída no séc. XVII para proteger a pesca de atum dos ataques de piratas do norte de África.









O que visitar e conhecer em Portugal

Os 12 melhores pontos turisticos para visitar em Viana do Castelo

Os 12 melhores pontos turisticos para visitar em Viana do Castelo

Castelo de Castro Laboreiro em Castro Laboreiro MelgaoO Castelo de Castro Laboreiro, também referido como Castelo de Castro Laboredo, localiza-se na vila e freguesia de Castro Laboreiro, concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo, em Portugal. Para aqui chegar, o caminho não é fácil, tendo que se subir u...
Os 10 melhores sitios para ver e visitar em Praias

Os 10 melhores sitios para ver e visitar em Praias

Praia Fluvial da Lenta Vila Nova da CerveiraConsiderada umas das melhores do país, a praia fluvial de Lenta fica na freguesia de Lovelhe, em Vila Nova de Cerveira. A escassos minutos do Aquamuseu e banhada pelo rio Minho, possui bons acessos e equipamentos de apoio. É uma praia vigiada, com restaurante e bar A praia fluvial da Lenta ...
Os 15 melhores pontos turisticos para visitar em Albufeira

Os 15 melhores pontos turisticos para visitar em Albufeira

Praia da Almargem (Cavalo Preto) A praia frequentemente alagada pela ribeira de Almargem que possibilita a criao de bonitas e extensas lagoas de guas cristalinas. Isto permite criar uma vista idlica de mar, ceu e piscinas de guas rasas ideais para tomar banho sem perder o p, o que excelente para casais com filhos.Praia da gua Albufeira A...
As 10 melhores actividades para fazer e visitar em Coimbra

As 10 melhores actividades para fazer e visitar em Coimbra

Associao Acadmica de CoimbraO complexo académico Associação Académica de Coimbra começa a ser construído em 1954, segundo o projecto dos arquitectos Alberto José Pessoa e João Abel Manta. Constituídas por um conjunto de vários edifícios, nos quais se congregam var...