Poderá ver o cometa Leonard desde Portugal continental a olho nu a 12 de dezembro de 2021, naquele que se prevê ser o instante de maior proximidade à Terra, apenas no hemisfério Norte. Só na segunda metade de dezembro, a partir do dia 15, é que será observável a partir do hemisfério sul.

 

Quando estiver mais próximo da Terra, este cometa será visível imediatamente antes do amanhecer e logo após o pôr do sol. Tenha em conta que os tempos e ângulos fornecidos se baseiam numa localização específica.

 

Leonard se aproximará da Terra em 12 de dezembro, chegando a 34 milhões de quilômetros de nosso planeta. Em seguida, ele será empurrado por Vênus em 18 de dezembro. O cometa será visível nos céus dos hemisférios Norte e Sul neste mês.

 

Não dá para saber quão boa será nossa visualização sobre Leonard, então provavelmente precisará de binóculos para localizá-lo, de acordo com a Nasa. Procure por um objeto que se pareça com uma estrela difusa.

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por IGN - CNIG (@ignspain)

 

Nas primeiras semanas de dezembro, Leonard pode ser encontrado no Leste antes do amanhecer, passando entre Arcturo — a estrela mais brilhante da constelação do Boieiro e o cabo da Ursa Maior — constelação do hemisfério celestial norte”, disse a agência em um post.

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Chase Dolan (@chasedolan)

 

Ele se aproxima do horizonte na época de sua passagem mais próxima da Terra, o que significa que provavelmente será mais brilhante, contudo, mais difícil de observar. Em seguida, Leonard passa a ser um objeto noturno por volta de 14 de dezembro, pouco tempo após o pôr-do-sol — quando começa sua longa jornada para longe do Sol novamente, perdendo seu brilho gradualmente.”

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por J U S T J A M E S (@justjamesmedia)

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Cle (@claudio_86_)

 

Dependendo da poeira e do gás, espera-se que o brilho máximo modelado seja por volta de 13 ou 15 de dezembro de 2021, entre 1 a 3 dias depois do seu ponto mais próximo da Terra. Se o cometa emitir muita poeira, isto deverá tornar o pico mais brilhante devido à dispersão para a frente que poderá deslocar o pico mais tarde, para 15 de dezembro.

 

 

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal