15 Melhores Coisas para fazer em Vila Nova de Gaia e visitar


Em frente ao Porto, no rio Douro, Vila Nova de Gaia é uma cidade que ocupa a margem sul e também continua ao longo da costa. Durante grande parte da sua vida, Vila Nova de Gaia foi reconhecida pelas suas caves portuárias. O vinho fortificado chegaria aqui pela água do leste e seria armazenado em armazéns, muitos dos quais ainda estão no lugar e abertos aos visitantes.

Se quiser provar o vinho do Porto em Portugal, este é o único lugar para ir e a escolha das caves é quase desconcertante. Bem acima do Douro, existem também alguns miradouros fabulosos que tomam a ribeira de Gaia e os antigos bairros do Porto . E na praia, você terá menos de 15 praias com Bandeira Azul de fácil acesso.

Vamos explorar as melhores coisas para fazer em Vila Nova de Gaia :

1. Porto

 

Junto ao rio em Vila Nova de Gaia, você estará de pé onde barris de vinho e porto foram carregados e descarregados por centenas de anos.

Isso aconteceu até a década de 1950, quando o vinho começou a chegar de caminhão.

Tudo vem do alto vale do Douro, a leste, e é trazido aqui para amadurecer em barricas de carvalho.

O porto é fortificado pela adição de conhaque durante a fermentação.

Isto é o que pode torná-lo doce, uma vez que interrompe o processo de fermentação, mas no século 18 a principal razão foi feita para fazer o vinho durar mais tempo para viagens.

2. Port Lodges

 

Então, agora, a parte mais difícil é descobrir qual porta você deseja visitar.

Existem mais de 60 cavernas em Vilanova de Gaia, pelo menos 20 das quais estão abertas para visitantes.

Normalmente você vai conhecer os diferentes tipos de porto (tawny, branco, crusted, vintage) e o lento desenvolvimento do porto dentro de seus porosos barris de carvalho.

Estes são armazenados em porões frescos e úmidos, e você pode se surpreender com a idade de alguns dos barris.

Muitas das lojas têm nomes ingleses, desde quando a Grã-Bretanha virou-se para o porto depois que as sanções foram colocadas no vinho francês em 1700.

Alguns a considerar são Sandeman, Cálem, Graham e Quinta do Noval, e você poderá provar cada variedade para aprender a diferença.

 

3. Mosteiro da Serra do Pilar

 

Num terraço com vista para a Ponte Dom Luís I e o Douro, este mosteiro do século XVI está incluído no Património Mundial do Porto.

Este é o marco mais importante de Gaia e é um lugar energizante para ser, dia ou noite.

Há uma perspectiva edificante do Douro daqui, e você pode ver uma grande parte do Porto e as duas margens do rio, até a moderna Ponte da Arrábida, a oeste.

O próprio mosteiro data do século XVI, com uma igreja decorada com retábulos de talha dourada do século XVIII e esculturas policromadas dos santos Agostinho, Apolônia e Eulália.

4. Teleférico de Gaia

 

Este teleférico foi inaugurado em 2011 e percorre pouco mais de meio quilómetro para cima e para baixo da alta margem sul do Douro.

O terminal superior é o mosteiro da Serra do Pilar, e esta é a estação que as pessoas que atravessam o Porto vão usar.

A partir daqui voará a 50 metros acima dos alojamentos e armazéns portuários, até à beira da água na Avenida Ramos Pinto.

A viagem leva cinco minutos, o que é bastante tempo para conseguir algumas fotos do rio, da Ponte Dom Luís I e da paisagem urbana intemporal de Gaia.

5. Casa-Museu Teixeira Lopes

 

Não é preciso mergulhar na arte portuguesa para apreciar este museu ao escultor António Teixeira Lopes (1866-1942). Era natural de Vila Nova de Gaia e a sua obra está espalhada por toda a região do Porto e, em 1895, o seu irmão concebeu um ateliê palaciano para trabalhar.

Esta é agora a sede do museu, que além de albergar muitas das obras de Teixeira Lopes, dá também uma introdução à arte portuguesa dos últimos 200 anos.

Poderá ver a escultura de António Soares dos Reis e José Sousa Caldas, a pintura do pintor da corte rococó Vieira Lusitano ou o naturalista do século XIX José Malhoa.

 

6. Viagem pelo rio Douro

 

Nos molhes ao longo de toda a ribeira de Vila Nova de Gaia, encontram-se barcos prontos para o levar num cruzeiro rápido pelo Douro.

É uma emoção menor saber que é onde os barris de vinho foram retirados dos antigos barcos rabelo.

Na sua viagem de uma hora, você receberá um comentário dos marcos de Vila Nova de Gaia e do Porto, incluindo as seis pontes que atravessam o rio.

O Douro é um rio espetacular, então você pode estar com disposição para algo mais longo.

Antes de chegar, você pode reservar um cruzeiro de três dias até as vinhas em socalcos do Pinhão, ou ir ainda mais longe, para a Espanha em uma viagem de uma semana.

7. Dom Luís I Bridge

 

A sua ligação com o Porto, esta ponte metálica é um dos identificadores internacionais da cidade e quebrou recordes quando foi concluída em 1886. O designer foi Théophile Seyrig, que co-fundou a Companhia Eiffel em 1868. Uma das muitas características inovadoras da época foi a inclusão de dois níveis: Hoje, o nível superior é para o sistema ferroviário ligeiro e para os peões do Porto, enquanto que o troço inferior é para o tráfego rodoviário, com um caminho pedonal aqui também.

8. Capela do Senhor da Pedra

 

No inverno ou no verão, você pode tirar algumas fotos poderosas neste local exclusivo na Praia de Miramar em Gulpilhares.

O Senhor da Pedra é uma capela barroca do século XVII incrustada num afloramento rochoso em frente ao oceano.

No verão você pode ter a experiência um pouco surreal de banhos de sol ao lado de uma capela.

No domingo da Trindade, por volta de maio ou junho, há uma peregrinação à capela ao longo da praia, mas para o restante do ano é uma bela curiosidade encalhada na praia.

9. Praia da Granja

 

A praia mais a sul de Vila Nova de Gaia é definitivamente uma das mais belas.

Tal como acontece com muitos neste comprimento da costa tem status de bandeira azul a cada ano, mas dando-lhe algum caráter são as antigas casas de férias e mansões ao lado dele.

São do século XIX, quando a Praia da Granja foi escolhida por aristocratas, industriais, artistas e escritores famosos do período, como Ramalho Ortigão e Eça de Queirós.

Um pouco mais tarde, Sophia de Mello Breyner Andresen, a famosa poeta passaria os verões aqui quando criança, e o ambiente inspirou alguns de seus trabalhos.

10. Jardim do Morro

 

Ao lado do mosteiro e da estação do teleférico encontra-se este parque que tira partido desse panorama romântico do Porto.

Foi ajardinado em 1927, com caminhos sombreados por árvores que serpenteiam pela encosta e proporcionam muitos locais para parar e admirar a paisagem.

A brisa sopra do Atlântico, e há algumas barracas vendendo lembranças.

Depois do caos da margem do rio, também é um bom local para descansar e contemplar o Porto e o Douro no seu próprio tempo.

Após o pôr do sol, você pode escolher monumentos como a torre da Igreja dos Clérigos e a catedral iluminada.

 

11. Zoológico Santo Inácio

 

tem família jovem, há uma boa alternativa aos armazéns portuários de Vila Nova de Gaia, ao lado do Douro.

é um pouco fora da cidade, mas você pode pegar o ônibus ou um táxi e estar lá em menos de dez minutos.

O zoológico tem 1.000 habitantes de 300 espécies, com uma estufa tropical, casa de retile, casa de insetos e fazenda educacional.

Entre os muitos animais exóticos, estão as girafas, as capivaras, os macacos, um tigre siberiano e uma píton birmanesa.

Há demonstrações ao longo do dia, todas dadas pela mesma pessoa! Há aves de rapina, você se aproxima de cobras inofensivas e observa a alimentação dos pinguins.

12. Estação Litoral da Aguda

 

Há outra atração animal em Aguda, que tem um aquário e um museu marítimo combinados.

Existem 15 tanques aqui, apresentando em detalhes vívidos os animais e plantas subaquáticas no Atlântico ao largo de Portugal.

Você poderá inspecionar mais de 700 animais de 60 espécies, entre os quais polvos, caranguejos e tartarugas.

A área do museu é uma louca miscelânea de objetos relacionados à navegação, caça, pesca e ciências naturais, e conta com arpões antigos, barcos modelo, minerais, esqueletos e redes.

13. Parque Biológico de Gaia

 

Também vale a pena se você tem os pequenos a reboque é esta atração ao ar livre em Avintes, apresentando a história natural, fauna e animais domesticados da região.

As crianças ficarão muito interessadas nos cercados de animais, onde há cabras, porcos, veados e tartarugas.

O parque tem um propósito ecológico, por causa da invasão da aglomeração do Porto, e criou um espaço onde mais de 40 espécies diferentes de aves fazem seus ninhos.

Muitos mais também visitam durante as migrações, dependendo da época.

Existem também modelos em tamanho natural de animais pré-históricos, incluindo um enorme braquiossauro.

14. Mais Praias

 

É preciso dizer que há muito mais praias para descobrir em Vila Nova de Gaia.

Este município tem uma maior concentração de praias com Bandeira Azul do que qualquer outra parte de Portugal.

Há 17 quilômetros de areia e, em um determinado ano, pelo menos 15 praias recebem a Bandeira Azul em reconhecimento à sua limpeza e instalações.

Algumas opções para marcar no seu mapa são Madalena, Valadares, Aguda e em Miramar a Praia do Senhor da Bedra, que ostenta aquela pequena capela sensacional no oceano.

15. Porto

 

Como há apenas uma largura de rio longe de Vila Nova de Gaia e da segunda cidade de Portugal, o Porto é um lugar onde se pode entrar e sair se estiver na margem sul.

Você mal precisa atravessar o rio para encontrar áreas dinâmicas e coisas para fazer nesta cidade da UNESCO.

O bairro da Ribeira é abarrotado à beira-mar, onde há uma animada praça cheia de visitantes e moradores locais em cafés-terraços.

Você pode pegar um funicular até as paredes e seguir para a parte mais nova da cidade para ver as igrejas decoradas com majestosas obras de talha dourada, ou o Palácio da Bolsa, com seus interiores ecléticos e luxuosos.

  • 15 Melhores Coisas para fazer em Vila Nova de Gaia e visitar


Outros Artigos Populares no Blogue