Ao todo foram atribuídas 9 novas estrelas a Portugal, que passou de 14 restaurantes e 17 estrelas — números do ano passado — para 21 restaurantes e 26 estrelas. Mas não só não duplicaram as distinções ou os restaurantes com a dita, como tinham afiançado os responsáveis da publicação, como ainda estamos muito longe dos 203 restaurantes e 249 estrelas dos vizinhos espanhóis. Tudo somado, não foi bombástico, mas foi bem bom.

 

Lista dos restaurantes premiados com estrelas Michelin 

1 estrela

  • Alma (Lisboa, chef Henrique Sá Pessoa)
  • Antiqvvm (Porto, chef Vítor Matos)
  • Bon Bon (Carvoeiro, chef Rui Silvestre)
  • Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira, chef Rui Paula)
  • Eleven (Lisboa, chef Joachim Koerper)
  • Feitoria (Lisboa, chef João Rodrigues)
  • Fortaleza do Guincho (Cascais, chef Miguel Rocha Vieira)
  • Henrique Leis (Almancil, chef Henrique Leis)
  • LAB by Sergi Arola (Sintra, chefs Sergi Arola e Milton Anes)
  • L’AND (Montemor-o-Novo, chef Miguel Laffan)
  • Largo do Paço (Amarante, chef André Silva)
  • Loco (Lisboa, chef Alexandre Silva)
  • Pedro Lemos (Porto, chef Pedro Lemos)
  • São Gabriel (Almancil, chef Leonel Pereira)
  • William (Funchal, chefs Luís Pestana e Joachim Koerper)
  • Willie’s (Vilamoura, chef Willie Wurger)
2 estrelas

  • Belcanto (Lisboa, chef José Avillez)
  • Il Gallo d’Oro (Funchal, chef Benoît Sinthon)
  • Ocean (Alporchinhos, chef Hans Neuner)
  • The Yeatman (Vila Nova de Gaia, chef Ricardo Costa)
  • Vila Joya (Albufeira, chef Dieter Koschina)