A Terceira Oliveira mais antiga de Portugal nasceu há 2450 anos

A Terceira Oliveira mais antiga de Portugal nasceu há 2450 anos

Uma equipa de investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro UTAD data uma das oliveiras presentes no recinto do Hotel Horta da Moura, em Reguengos de Monsaraz.

Através de um método científico inovador desenvolvido na academia sediada em Vila Real, os especialistas chegaram à conclusão que esta tem 2.450 anos.

 
Através de um método científico inovador desenvolvido pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em parceria com a empresa Oliveiras Milenares, os especialistas chegaram à conclusão que esta tem 2.450 anos












A oliveira de Monsaraz, cujo tronco precisa de sete homens para o abraçar, vai receber a certidão de idade num ato público que irá decorrer na quarta-feira, na aldeia típica, localizada no concelho de Reguengos de Monsaraz.

O método de datação foi desenvolvido pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em parceria com a empresa Oliveiras Milenares, e tem como mentores os investigadores do departamento de Ciências Florestais e Arquitetura Paisagista José Luís Louzada e Pacheco Marques.




Esta metodologia consiste num cálculo, que é feito através de um modelo matemático que relaciona a idade com uma característica dendrométrica do tronco, como seja o raio, diâmetro ou perímetro do tronco.

Recorre-se ainda o estudo de outras árvores, com características idênticas, para depois, de forma comparativa, se ir preenchendo a parte interior como se fosse um puzzle.



Imagem:  pintrest

Este método não provoca a destruição da árvore, pois não obriga ao seu abate, nem provoca lesões que comprometam a sua sanidade.




A oliveira de Monsaraz, cujo tronco precisa de sete homens para o abraçar, recebeu a “certidão de idade” num ato público decorrido na passada quarta-feira dia 18, na aldeia típica, localizada no concelho de Reguengos de Monsaraz.



Imagem: tripadvisor 

A oliveira de Monsaraz faz parte de um conjunto de sete, inseridas nos espaços de uma unidade hoteleira local, que a UTAD acaba de certificar. A direção do hotel pretende criar um percurso histórico dentro dos sete hectares que rodeiam a unidade e associar a idade das oliveiras a acontecimentos marcantes da história: a Rota das Oliveiras.

Imagem capa © Horta da Moura










O que visitar e conhecer em Portugal

9 locais grátis para visitar na Póvoa de Varzim

9 locais grátis para visitar na Póvoa de Varzim

Praia da Salgueira na Pvoa de VarzimA Praia da Salgueira é uma extensa praia marí­tima na área urbana da Póvoa de Varzim. A Praia da Salgueira é uma praia bastante frequentada de areia branca com poucos penedos na parte central, apta para a prática de surf. A Salgueira é bastante procurada no ve...
As 9 melhores coisas para fazer e visitar em Vila do Bispo

As 9 melhores coisas para fazer e visitar em Vila do Bispo

Praia do ZavialApesar de ser uma praia bastante popular entre os surfistas, o lado este dispe de aguas mais calmas devido ao tipo de rochas chamadas de Furnas. Praia de Beliche Vila do Bispo A Praia do Beliche é uma praia com vigilância balnear do concelho de Vila do Bispo, nas proximidades do Cabo de São Vicente e da praia do ...
Os 10 melhores sitios para ver e visitar em Braga

Os 10 melhores sitios para ver e visitar em Braga

Ponte de Mem Gutierres Pvoa de LanhosoA Ponte de Mem Gutierres, também referida como Ponte Domingues Terna, localiza-se na freguesia de Esperança, concelho de Póvoa de Lanhoso, distrito de Braga, em Portugal. A Ponte Mem Gutierres, também conhecida como Ponte de Esperança, ou Ponte Domingos Terno, prováve...
Os 15 melhores pontos turisticos para visitar em Peniche

Os 15 melhores pontos turisticos para visitar em Peniche

Praia do Rei Cortio Peniche bidosA Praia do Rei do Cortiço possui uma faixa de areal muito extensa que se torna mais ampla na zona central, junto à concessão. Aqui, passa um pequeno curso de água.A Sul, a seguir às lajes rochosas, existe outro recanto de areia mais amplo onde corre outro ribeiro.O aces...