Os 8 melhores pontos turisticos para conhecer e visitar em Portimão


Monumentos Megalí­ticos de Alcalar Portimão





Monumentos Megalí­ticos de Alcalar são um grupo de túmulos que compõem uma necrópole do perí­odo Calcolí­tico, localizado na freguesia da Mexilhoeira Grande, concelho de Portimão, em Portugal.

Esta necrópole compõe-se por um conjunto de sepulturas espalhadas por uma área de dez hectares. A mais impressionante dessas sepulturas é a grande mamoa conhecida como monumento número sete, que se situa no centro da atual área museológica, formada por um tolo central cuja cripta é acessí­vel por um estreito corredor voltado para nascente.

Os vestí­gios arqueológicos de Alcalar dão conta da existência de uma população organizada cujo modo de subsistência básico era a agricultura, com uma apreciável capacidade de exploração dos recursos da terra. Localiza-se numa área de terras aráveis, razoavelmente planas, e onde terminava o troço outrora navegável da Ribeira da Torre.

No museu de Lagos podem ser observados machados de pedra e outros utensí­lios lí­ticos desta região (não apenas de Alcalar). Ao longo da faixa costeira do Barlavento algarvio têm sido identificados vários vestí­gios megalí­ticos, com destaque para os de Vila do Bispo.

Foi em Alcalar que há cerca de 5.000 anos viveu uma importante comunidade pré-histórica. Os monumentos megalíticos de Alcalar foram descobertos nos finais do século XIX e estão hoje classificados como Monumento Nacional. As marcas deixadas por estes povos, são muitas: um povoado, situado num cabeço estratégico para defesa da população e com vista para os túmulos megalíticos; artefactos que revelam como viviam e trabalhavam; e a necrópole megalítica. Para saber mais sobre estes monumentos, visite o Centro de Interpretação de Alcalar, no Museu de Portimão.



Prainha (Portimão)





Esta é uma das praias mais românticas do barlavento Algarvio.A Prainha é formada por pequenos areais em forma de concha isolados por formações rochosas fortemente esculpidas pela ação das águas doces e salgadas. E o resultado é um magnífico conjunto de arcos, leixões, algares e grutas, onde até se encontram promessas de amor escritas nas paredes. Contudo, recomenda-se precaução ao explorar os recantos desta praia de Portimão, uma vez que a queda de pedras e blocos é frequente.

Dada a possibilidade de ocorrência de derrocadas e de desprendimento de pedras, recomenda-se que mantenha uma distância de segurança relativamente às arribas, bem como a precaução ao caminhar sobre o topo das mesmas, mantendo-se afastado do reborda da arriba. Embora a praia tenha uso balnear, está classificada como praia de uso limitado já que praticamente todo o areal se encontra inserido em zona de risco de derrocada.

Abaixo do nível das marés as enseadas rochosas abrigam uma diversidade incrível de vida marinha, como bem o descrevem os praticantes de mergulho que elegem este um dos melhores locais para a prática da modalidade.Esta é das praias mais intimistas e tranquilas da região de portimão, ideal para quem gosta de estar longe da confusão.



Estação Romana da Quinta da Abicada Alvor Portimão





A Estação Romana da Quinta da Abicadalocaliza-se na Mexilhoeira Grande, em Portimão. Trata-se de uma villa romana, a qual terá sido uma grande mansão. 

As ruínas da "villa" da Abicada, da Época Romana, localizam-se no extremo de uma península integrada no ambiente peculiar da Ria de Alvor.

A parte conservada da "villa" corresponde à residência do proprietário ("pars urbana"), com vestígios de ocupação entre os séculos I e IV d.C.

Esta construção integrava-se numa arquitetura de tipo mediterrânica, que aproveitava a beleza da paisagem e o clima ameno para criar um ambiente de qualidade arquitetónica para os seus habitantes.

A casa ("domus") apresenta uma planta rigorosamente geométrica, composta por três construções unidas a sul por uma galeria em pórtico, "que abria a vista para a ria e para o mar".

Belos mosaicos, com composições vegetalistas e geométricas de diversificadas cores, revestiam os pavimentos dos compartimentos.

Junto da residência existia possivelmente um cais que permitia o acesso navegável à ria e ao mar.

 

Foi escavada na encosta por José Leite de Vasconcellos em 1917. A riqueza deste monumento, património da região de Portimão, está no seu mosaico com motivos geométricos de várias cores. A Villa foi ocupada entre o século II e V d.C., da qual apenas se conhece a parte residencial (pars urbana) composta por dois peristilos (um quadrangular e outro hexagonal), à volta dos quais se desenvolvem as restantes salas e quartos. Está classificado como Monumento Nacional.



Praia da Rocha em Portimão Algarve





A Praia da Rocha é uma praia no concelho de Portimão, no Algarve (Portugal). Esta praia tem uma grande extensão de areal, numa área total de cerca de 146 000 m, ao longo de 1,5km de costa. Junto à praia ergue-se a Fortaleza de Santa Catarina, construí­da no século XVII para assegurar a defesa da barra do rio Arade.

A praia deve o seu nome í s rochas que se encontram entre o areal e o mar. É uma das mais famosas do Algarve, senão mesmo de todo o paí­s. Todos os anos, durante o Verão, a praia enche-se de turistas vindos de todo o mundo e, apesar da sua grande extensão, é raro não ficar apinhada de gente. Nos últimos anos, tem recebido o Mundialito de Futebol de Praia, que se joga num estádio construí­do para o efeito e que tem capacidade para 3000 pessoas.

Junto à praia, existe uma pluralidade de restaurantes e bares que atrai grande número de turistas, tanto durante o dia como de noite.

A Praia da Rocha é uma das mais emblemáticas praias do Algarve.Com um vasto e espaçoso areal que se expande por mais de 1 km, protegido por arribas de tons quentes, a Praia da Rocha é o local de férias eleito por cada vez mais veraneantes, sendo uma das praias mais conhecidas do país.

Com um vasto e espaçoso areal que se espraia por mais de 1 km, protegido por arribas de tons quentes e esteticamente recortadas, a Rocha é o local de férias eleito por cada vez mais veraneantes, sendo uma das praias mais conhecidas do país. A praia possui uma rede de largos passadiços que percorrem praticamente todo o areal, ao longo dos quais se multiplicam os equipamentos de apoio aos utentes da praia, incluindo uma área desportiva.

Passeie nos largos passadiços de madeira que percorrem o areal, ao longo do qual se multiplicam diversos bares e restaurantes, incluindo uma área desportiva.

Na avenida que acompanha a praia, poderá encontrar uma enorme oferta de alojamento, restaurantes, esplanadas, bares, discotecas e um casino que terminam na Marina de Portimão.Surpreenda-se com a fabulosa vista panorâmica sobre a linha da costa que poderá desfrutar num dos dois miradouros da Praia da Rocha.



Museu Municipal de Portimão





O Museu de Portimão localiza-se na freguesia de Portimão, no concelho homónimo, em Portugal. Está instalado na antiga fábrica de conservas Feu, e abriu ao público em 17 de Maio de 2008

 

O Museu de Portimão assume-se como um observatório permanente e uma estrutura de mediação cultural para investigar, conservar, interpretar, divulgar e valorizar os testemunhos materiais e imateriais mais relevantes da história, do património, do território, da memória e identidade da comunidade local e regional, na sua interação com o mundo. O seu programa museológico assenta em quatro grandes objetivos: • Reabilitar o património industrial e cultural;• Valorizar a relação cidade – rio;• Interpretar e reforçar a evolução histórica, territorial e social da comunidade;• Potenciar a formação de novos públicos, desenvolvendo uma oferta cultural de qualidade.

Praia do Vau Portimão Algarve





A Praia do Vau é uma praia oceânica no concelho de Portimão, no Algarve, Portugal.

Tem um areal ladeado por arribas suaves. É uma praia com tranquilidade, sendo conhecida pelo seu iodo e pela argila das falésias, e ainda pelas formações rochosas irregulares. Dispõe de todas as infraestruturas de apoio e tem bandeira azul

Contornada por arribas suaves de tons ocres, de areias douradas e águas translúcidas, a Praia do Vau é a eleita de famílias com crianças pelo fácil acesso pedonal e pela segurança com que os mais pequenos podem aqui brincar quando a maré está baixa.As paredes rochosas desta praia de Portimão muito esculpidas pela erosão, formam recantos que fazem as delícias dos banhistas.



Praia do Alvor Portimão Algarve





A praia situa-se na ampla baía de Lagos, inserida na península arenosa que se estende durante mais de 3,5 km para nascente da barra da Ria de Alvor.

As barreiras arenosas do Alvor possibilitam a existência de uma laguna interior com bancos de sapal e canais de águas calmas.

Este habitat é um santuário para inúmeras espécies de aves aquáticas, residentes ou de passagem, funcionando também como maternidade para muitas espécies de peixe e de moluscos (dos bivalves ao choco e ao polvo) de elevado valor económico.

A barreira arenosa é imensa, com areal a perder de vista: na frente de mar observam-se plantas delicadas como o feno-das-praias, o estorno, o cordeirinho-do-mar, o trevo-de-creta ou o narciso-das-areias.

Apesar de quentes e áridas, as dunas abrigam diversas espécies de aves, micromamíferos, répteis e muitos insetos. Para o interior as areias vão cedendo lugar aos sapais e surge a laguna, onde ancoram veleiros e barcos de pesca artesanal, na margem da qual se situa a pitoresca vila piscatória do Alvor.

Com um areal a perder de vista, o Alvor é uma praia de sonho, rodeada de excelentes hotéis e dotada de completas infraestruturas de apoio que incluem equipamentos para a prática de vela, esqui aquático ou windsurf.As origens da pitoresca povoação de pescadores do Alvor remontam à ocupação árabe, tendo então sido um porto importante. Apesar de não existirem testemunhos visíveis dessa época, vale a pena passear pelo centro histórico da vila e admirar o belíssimo portal da Igreja Matriz, em estilo manuelino. Os amantes da natureza não podem deixar de visitar a Ria de Alvor, zona de lagunas de importância internacional e ponto de passagem de diversas aves aquáticas quando se deslocam nas suas rotas migratórias entre o Norte e o Sul



Praia dos Três Castelos Portimão Algarve





Areal dourado e mar azul tranquilo, caracterizam a Praia dos Três Castelos, situada ao lado da famosa Praia da Rocha, à qual está ligada por uma passagem escavada nas rochas que a limitam a leste.Para o lado oeste, a sua vizinha é a pequena Praia dos Careanos, estando ambas rodeadas por uma falésia alta que vale a pena percorrer a pé, e apreciar a paisagem de uma outra perspetiva

O acesso à Praia dos Três Castelos faz-se através das escadas que descem do miradouro dos Três Castelos. Antes de descer aproveite para desfrutar de uma vista admirável sobre as formações rochosas muito esculpidas, onde são visíveis arcos, grutas e plataformas muito apetecíveis para falcões, gaivotas, guinchos, pombos-da-rocha e andorinhões.Nos declives mais suaves das arribas da Praia dos Três Castelos crescem aroeiras, barrilhas e salgadeiras.As cores quentes dominam o extenso areal desta praia edílica e quase deserta.



  • Os 8 melhores pontos turisticos para conhecer e visitar em Portimão


Outros Artigos Populares no Blogue