Museu de Arte Sacra do Funchal





O Museu de Arte Sacra do Funchal encontra-se instalado no antigo Paço Episcopal do Funchal, na Madeira. É constituí­do por coleções de pintura, escultura, ourivesaria e paramentaria dos séculos XV a XIX. Das coleções destaca-se a de pintura flamenga dos séculos XV e XVI, a qual chegou à Madeira no século XVI na chamada época áurea da produção açucareira.

Os painéis flamengos distinguem-se não só pela sua grande qualidade como pelas grandes dimensões, pouco comuns nos museus da Europa. É de realçar, ainda, a coleção de escultura flamenga, proveniente especialmente de Malinas e de Antuérpia.

O Museu de Arte Sacra do Funchal encontra-se instalado no antigo Paço Episcopal, fundado por D. Luís Figueiredo de Lemos, em 1594. Foi desenhado por Jerónimo Jorge, mestre de obras reais, que aqui trabalhava nas defesas da cidade do Funchal. Do edifício primitivo, ainda sobrevive uma secção poente, sobre a atual praça do Município e Rua do Bispo.

A sobriedade maneirista é bem visível na arcaria norte ou na Capela de São Luís de Toulosa, que apresenta na fachada uma inscrição com o nome do seu fundador, D. Luís de Figueiredo Lemos e a data de 1600. D. António Teles da Silva, Bispo do Funchal, realizou novas obras de melhoramentos, entre 1675-1682. 

Após o Terramoto de 1748, importantes obras de reedificação são realizadas, visto ter ficado muito danificado. O novo projeto para o Paço Episcopal foi entregue a Domingos Rodrigues Martins. O conjunto fica então harmonizado por um bloco central, com a inscrição sobre o portal principal de 1750.



Praia do Areeiro Madeira





A Praia do Areeiro é uma pequena extensão de areia negra e calhaus rolados, enquadrada por arribas que está situada a cerca de 2kms de Câmara de Lobos e a 6kms do centro do Funchal, (sendo a mais ocidental deste concelho). Dotada de infraestruturas de apoio, a Praia do Areeiro tem acesso pedonal através da promenade da Praia Formosa, sua vizinha, ou pelas escadas junto ao Hotel Orca Praia. 

  Esta praia tem um forte contexto histórico para a Madeira, mais precisamente para o Funchal. Em 1508, foi a “porta de entrada” dos corsários franceses que assolaram a capital madeirense com violento saque.

Localizada a oeste do concelho do Funchal, a 10 minutos de carro, e 25 minutos a pé, do coração da cidade, a Praia Formosa é a única praia pública que, através de uma promenade, une duas cidades da região, o Funchal e Câmara de Lobos.

Com uma extensão de 2 km, divide-se em quatro praias de areia e calhau, conhecidas por Praia Nova, Formosa, dos Namorados e do Areeiro. A qualidade da água do mar é certificada pela Bandeira Azul da Comunidade Europeia. É considerada por muitos madeirenses e turistas a sua praia de eleição.

A Praia Formosa é acessível a todos, sem que se ponha em causa a idade e as dificuldades de locomoção ou mobilidade, sendo esta a única praia do país adaptada para invisuais, pelo qual foi premiada com o galardão de “Praia Acessível 2015”.



Casa-Museu Frederico de Freitas





A Casa-Museu Frederico de Freitas situa-se na cidade do Funchal, na Região Autónoma da Madeira, em Portugal. A casa-museu reúne a coleção de arte de Frederico de Freitas, advogado e notário originário da Madeira que viveu naquela casa por várias décadas e legou o seu espólio à Região Autónoma da Madeira

Também conhecida por Casa da Calçada, esta designação identifica a antiga residência dos Condes da Calçada, cujos antepassados lhe estão associados desde os seus primórdios, no século XVII. O edifício, identificado como palácio na imprensa do século XIX, é o resultado de sucessivas remodelações e ampliações, sendo especialmente marcantes as intervenções de cunho romântico, roçando exótico, realizadas na segunda metade de oitocentos. 



Praia da Formosa (Funchal) Madeira





A Praia Formosa é uma praia situada na freguesia de São Martinho, no Funchal, na ilha da Madeira. Constitui-se na maior zona balnear da ilha, subdividindo-se em três pequenas praias de areia preta - Formosa, Nova e Namorados - e uma de calhau rolado - Areeiro

Esta praia tem um forte contexto histórico para a Madeira, mais precisamente para o Funchal. Em 1508, foi a “porta de entrada” dos corsários franceses que assolaram a capital madeirense com violento saque.

Localizada a oeste do concelho do Funchal, a 10 minutos de carro, e 25 minutos a pé, do coração da cidade, a Praia Formosa é a única praia pública que, através de uma promenade, une duas cidades da região, o Funchal e Câmara de Lobos.

Com uma extensão de 2 km, divide-se em quatro praias de areia e calhau, conhecidas por Praia Nova, Formosa, dos Namorados e do Areeiro. A qualidade da água do mar é certificada pela Bandeira Azul da Comunidade Europeia. É considerada por muitos madeirenses e turistas a sua praia de eleição.

A Praia Formosa é acessível a todos, sem que se ponha em causa a idade e as dificuldades de locomoção ou mobilidade, sendo esta a única praia do país adaptada para invisuais, pelo qual foi premiada com o galardão de “Praia Acessível 2015”.



Praia das Poas do Governador Funchal Madeira





Com acesso a partir do passeio público marítimo a Zona Balnear da Ponta Gorda ou Poças do Governador como também é conhecida, fica situada na zona oeste do Funchal. Muito bem enquadrada no litoral rochoso, esta zona balnear dispõe de três piscinas de água salgada, uma delas para crianças, parque infantil e bons equipamentos de apoio que garantem o conforto e a segurança de todos os que a frequentam.

O Complexo da Ponta Gorda está localizado numa das zonas mais carismáticas da cidade. A sua proximidade com o Passeio Público Marítimo faz com que diariamente atraia um grande número de residentes e turistas.

O Complexo Balnear da Ponta Gorda possui duas piscinas de água salgada, uma para adultos e uma para crianças. Possui um elevador móvel que permite aos usuários de mobilidade reduzida ter um acesso mais fácil a uma das piscinas de adulto. Este equipamento pode ser colocado em qualquer lugar dentro da periferia da piscina, de acordo com a preferência do utilizador. Este equipamento é constituído com descansa pés e braços, dando estabilidade através de um cinto. O utilizador tem total controlo do comando do equipamento proporcionando mais autonomia, o que garante uma maior suavidade nas entradas e saídas da piscina. Este complexo possui o galardão"Praia Acessível, Praia para Todos" desde 2010. O acesso a instalações sanitárias, vestiários, restaurantes e outros serviços é feita através de rampas e pisos nivelados.

Complexo Balnear do Lido Funchal





O Complexo Balnear do Lido era o complexo balnear mais conhecido do Funchal, localizado na parte Oeste da cidade (projeto de José Rafael Botelho). Nele existiam duas piscinas de água salgada, renovada todos os dias, que se destinavam uma a adultos e outra a crianças, medindo a primeira 50 m de comprimento e 25 m de largura. Todavia o acesso ao mar era também possí­vel.

Existiam, ainda, outras actividades como mesas de pingue-pongue, tobogãs e parque infantil. O acesso era pago e com vigilância permanente, com câmaras e nadadores-salvadores. Tinha bandeira azul.

A piscina e vários outros equipamentos foram destruí­dos pelo mar no Temporal de 20 de Fevereiro tendo reabertura agendada para o Outono de 2015.

O Complexo Balnear do Lido está localizado numa das zonas mais emblemáticas da cidade do Funchal. Podemos observar no lado poente deste Complexo Balnear, o ilhéu do Lido. 

Foi renovado e aberto ao público no verão de 2016 e contempla a quem o visita boas acessibilidades desde a via pública ao interior do complexo. Para garantir a acessibilidade à piscina, poderá usufruir de cadeiras de rodas anfíbias e para circular pelo complexo estão disponíveis cadeiras de rodas.



Museu de Eletricidade - Casa da Luz Ilha da Madeira





O Museu de Eletricidade - Casa da Luz é um museu da Empresa de Eletricidade da Madeira. Situado na baixa do Funchal, ilha da Madeira. Foi inaugurado a 24 de novembro de 1997, em celebração do centenário da introdução da energia elétrica na Região Autónoma da Madeira.

O Museu de Electricidade Casa da Luz, é um Museu de Empresa, (EEM- Empresa de Electricidade da Madeira), que está instalado no espaço da antiga Central Térmica do Funchal, inaugurada em 1897, a então Madeira Electric Lighting Company Limited, primeira concessionária de eletricidade da Madeira.Após várias alterações, em 1949, irão surgir os Serviços Municipalizados de Eletricidade, passando-se pela primeira vez para uma entidade pública um setor estratégico. Em 1974 será criada a empresa pública (EEM), responsável pela produção transporte e distribuição de energia elétrica no Arquipélago da Madeira. A Central Térmica do Funchal só foi definitivamente desativada em 1989, tendo acolhido desde então o Museu de Electricidade-”Casa da Luz”.Museu apresenta uma exposição sobre várias áreas temáticas. Uma primeira, mostra vários tipos de iluminação utilizados na Cidade do Funchal e seu respetivo mobiliário urbano, desde os primeiros exemplares de lamparinas de azeite até aos candeeiros da atualidade, sob o título “Luzes do Funchal”.

Uma primeira área de exposição, sob o título “Luzes do Funchal”, mostra vários tipos de iluminação utilizados na cidade do Funchal e seu respetivo mobiliário urbano, desde os primeiros exemplares de lamparinas de azeite até aos candeeiros da atualidade.

Uma segunda área temática, intitulada por “Um Século de Eletricidade”, apresenta-nos um historial evolutivo da eletrificação no arquipélago, com a presença de maquinaria diversa e com as duas principais formas de produção de energia elétrica: a térmica e a hidráulica.

Procedeu-se ainda à instalação, no local de exposição denominado "Segunda Nave", de um posto de transformação com a respetiva ligação a um poste de eletricidade. Este espaço foi ainda completado com maquetas de várias centrais elétricas e ainda de redes elétricas urbanas e rurais, assim como uma carta oro-hidrográfica tridimensional que sintetiza o esforço gradual de eletrificação do arquipélago.



Madeira Story Centre Ilha da Madeira





O Madeira Story Centre é um museu interativo português que relata a História e Cultura da Madeira, localizado na Zona Velha da cidade do Funchal, Madeira.

O Madeira Story Centre, é um museu situado em plena Zona Velha do Funchal, onde ficará a conhecer toda a História da Madeira de forma tão envolvente que sentir-se-í  parte dela!

Os conteúdos do Museu são rigorosos e detalhados para dar-lhe a melhor informação sobre a História e Cultura da Madeira; das origens vulcânicas aos hidroaviões, passando pelas descobertas e até por ataques de ferozes piratas, tudo contado com a exactidão que você exige.

Madeira Story Centre inclui ainda uma grande loja de Artesanato com artigos regionais e um restaurante tí­pico situado no terraço panorâmico com capacidade para 200 pessoas para promoção da gastronomia madeirense.

Madeira Story Centre, é um museu situado em plena Zona Velha do Funchal, onde ficará a conhecer toda a História da Madeira de forma tão envolvente que sentir-se-à parte dela!

Os conteúdos do Museu são rigorosos e detalhados para dar-lhe a melhor informação sobre a História e Cultura da Madeira; das origens vulcânicas aos hidroaviões, passando pelas descobertas e até por ataques de ferozes piratas, tudo contado com a exactidão que você exige.

Madeira Story Centre inclui ainda uma grande loja de Artesanato com artigos regionais e um restaurante típico situado no terraço panorâmico com capacidade para 200 pessoas para promoção da gastronomia madeirense.

Dispõe ainda de jardins temáticos onde ficará a conhecer as plantas e flores típicas da Madeira, sobre uma vista magnifica do centro histórico do Funchal.



Museu de Arte Contempornea do Funchal





O Museu de Arte Contemporânea do Funchal (MACFunchal) foi um museu, situado na Fortaleza de São Tiago do Funchal, na cidade do Funchal, na Madeira. Em outubro de 2015, mudou de designação para MUDAS. Museu de Arte Contemporânea da Madeira e a sua coleção passou para o Centro das Artes - Casa das Mudas.

Concebido pelo arquiteto Paulo David, o Mudas.Museu de Arte Contemporânea, trata-se de um edificio moderno premiado internacionalmente pela sua arquitetura e perfeita integração na paisagem, é palco de diversas exposições, espetáculos musicais, peças de teatro e conferências.

O Mudas.Museu de Arte Contemporânea está localizado numa colina sobranceira à vila da Calheta, na zona oeste da ilha da Madeira, a pouco mais de 30 minutos de distância da cidade do Funchal.O acervo museológico e artístico deste espaço foi transferido da Fortaleza de S. Tiago, no Funchal num total de 400 peças, desde a década de 1960 até a atualidade.Neste núcleo composto por obras da autoria de vários artistas plásticos nacionais de renome, encontram-se representados no seu espólio vários artistas plásticos portugueses, incluindo alguns nascidos na Ilha da Madeira: Lourdes Castro, Maria Helena Vieira da Silva, Fernando Calhau, António Palolo, Rui Sanches, João Queiroz, Michael Biberstein, Patrícia Garrido, Martha Telles, Pedro Cabrita Reis, Ana Vidigal, Gäetan, Eduardo Batarda, Daniel Blaufuks, Bárbara Assis Pacheco, Miguel Branco, Pedro Calapez, Pedro Casqueiro, Rui Chafes, Pedro Portugal, José Pedro Croft, Ilda David, Jorge Molder, José Loureiro, Álvaro Lapa, Ana Hatherly, João Vilhena, entre muitos outros. Esta infra-estrutura conta com uma área coberta de construção de 12 000 m², tendo sido edificado como ampliação da já existente "Casa da Cultura da Calheta", onde funcionava presentemente o espaço "Galeria"



Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal