Os edifícios mais bonitos de Lisboa


Lisboa é uma das capitais europeias mais atraentes da Europa Ocidental, com a sua localização reluzente à beira-mar, um sol aparentemente interminável e um grande número de edifícios maravilhosos. Enquanto vai encontrar uma arquitetura espetacular, embora algumas vezes desmoronando, quase em qualquer lugar do centro da cidade, alguns prédios se destacam como sendo dignos de uma visita por si mesmos.

De igrejas a estações de trem, catedrais antigas a novos museus brilhantes e muito mais, esses são seis dos mais belos edifícios da cidade.

 






 

Comece sua jornada arquitetônica pegando um bonde, um trem, um ônibus (ou seus pés!) Ao longo do rio, até o popular bairro de Belém. Existem vários edifícios impressionantes na área, mas o mais impressionante tem que ser o Mosteiro dos Jerónimos.

O Património Mundial da UNESCO remonta a 1500 e domina a área circundante. Várias figuras importantes da história portuguesa estão enterradas lá, incluindo poetas, exploradores e membros da família real.

Custa 10 euros para um ingresso de adulto entrar no mosteiro, com ingressos combinados com desconto que incluem também a Torre de Belém e vários museus próximos. O horário de funcionamento é das 10:00 às 17:30 de outubro a maio e das 10:00 às 18:30 o resto do ano.

 

 



Situada à beira do rio (na verdade, é cercada pela maré alta), a Torre de Belém fica a 10-15 minutos a pé do Mosteiro dos Jerónimos. Muito menor do que a sua contraparte, a torre fortificada foi construída no início do século XVI e serviu como porta cerimonial para a cidade, bem como parte de seu sistema de defesa.

Cerca de 40 metros de largura e 100 metros de altura, os visitantes entram na torre através de uma pequena ponte. Dirija-se ao topo para excelentes oportunidades fotográficas do rio Tejo e da cidade circundante.

A torre está aberta nas mesmas horas que o mosteiro acima e custa € 6 por um único bilhete. Novamente, bilhetes combinados para outras atrações próximas estão disponíveis.

 

 



 

Ainda em Belém, o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) mostra que os edifícios mais bonitos de Lisboa não são todos centenários. Instalado em uma antiga usina ao lado do rio, o museu foi inaugurado em 2016, distribuído por dois edifícios.

Com um design varrido e ondulado, incluindo uma passarela exterior que leva do nível do solo a uma área de observação aberta no telhado, o MAAT é um edifício arrojado, moderno e espetacular.

A entrada na área de visualização é gratuita, mas os ingressos para o museu custam 5 euros para entrar em um dos edifícios, ou 9 euros para ambos. Está aberto do meio-dia às oito da noite, mas está fechado às terças-feiras e alguns feriados.

 

Estação Ferroviária do Rossio






 

A arquitetura de muitas antigas estações de trem na Europa é incrível, e Lisboa definitivamente não é exceção. Um dos melhores e mais fáceis de chegar, na cidade, é o Rossio, ao lado da grande praça comumente conhecida pelo mesmo nome.

Construído no final de 1800, do lado de fora não teria idéia do edifício era uma estação de trem. As fachadas ornamentadas mais se assemelham a um teatro ou edifício cívico e, de alguma forma, até mesmo o Starbucks no nível do solo não diminui o grande design do prédio.  terá ótimas oportunidades fotográficas na praça do outro lado da rua, especialmente se acontecer uma parada no trânsito.

 

Panteão Nacional

 



O telhado branco em forma de cúpula do Panteão Nacional é visível de pontos de vista ao redor da cidade central, e é uma característica dramática do horizonte de Lisboa. Situada numa colina no bairro de Alfama , os trabalhos de construção do Panteão começaram em 1600, no local da antiga igreja profanada. 

Surpreendentemente, devido à morte do arquiteto, a perda de interesse dos patrocinadores reais e problemas financeiros, levou quase trezentos anos para ser concluído, com a reinauguração finalmente acontecendo em 1966.

Enquanto as melhores fotos do exterior são de pontos de vista próximos, vale a pena ir dentro do prédio também. A planta de piso projetada na forma de uma cruz grega (em vez de latina) é um destaque. Os ingressos custam € 3, com entrada gratuita aos domingos, mas fechados às segundas-feiras.

 

 



Também em Alfama, a catedral de Lisboa (ou  ) é a igreja mais antiga da cidade. O início da construção remonta aos anos 1100, por cima de uma antiga mesquita mourisca.

Desde então, a catedral sobreviveu ao fogo e vários terremotos, incluindo o terremoto de 1755 que causou danos significativos. A maior parte do exterior imponente que vê hoje remonta a uma grande reconstrução do século XX. No interior, os altares e capelas laterais são impressionantes, mas são os vitrais que são particularmente notáveis.

A entrada é gratuita, embora as doações sejam sempre apreciadas.

  • Os edifícios mais bonitos de Lisboa


Outros Artigos Populares no Blogue