Quando a vida era simples e o nosso pequeno quarto um Mundo, uma viagem a casa de familiares distantes parecia infinita e excitante em todas as suas curvas. já chegámos? Falta muito?. A promessa de um paraíso remoto, onde conheciamos de cor todos os cheiros, sons e sabores. E à chegada esperavam-nos braços que amavam, por defeito, em excesso de tudo.

Alto nos anunciavam para que todos soubessem a boa nova. Porque todas as coisas que o peito guardou tinham de escoar dali para fora e ecoar em todas os cantos. A cama feita de lavado, o lume em reboliço, o nariz no ar em jeito de adivinha e o doce passar do tempo, lento como as horas e os dias que só findam na saudade de um regresso. 

A Herdade da Matinha é assim, simples como a vida foi outrora. Simples como a vida deve ser. Em plena Costa Alentejana, na Aldeia do Cercal, encontra uma casa que tem braços e está sempre à sua espera.