20 Locais fora dos roteiros turisticos em Portugal que tens de visitar

20 Locais fora dos roteiros turisticos em Portugal que tens de visitar

Ferraria, S. Miguel A Ponta da Ferraria, na ilha de S. Miguel, nos Açores, é uma das zonas balneares mais extraordinárias do país. É que as águas são quentes, com origem em nascentes de águas termais terapeuticas. E a paisagem é deslumbrante.




Adega Mayor A Adega Mayor, situada em Campo Maior, no Alentejo, nasceu da visão do Comendador Rui Nabeiro e do traço inconfundível do arquitecto Siza Vieira. Integrada em 65 hectares de vinha que alimentam as marcas Monte Mayor, Touriga Nacional, Reserva do Comendador e Garrafeira do Comendador, é um hino ao vinho português. As visitas com provas custam a partir de 3,5€ por pessoa.




Fajã da Caldeira de Santo Cristo A Fajã da Caldeira de Santo Cristo, na ilha de S. Jorge, nos Açores, está classificada como Reserva Natural e Área Ecológica Especial. É o único local, nos Açores, onde se desenvolvem as amêijoas que constituem iguaria local. É considerada um santuário do Bodyboard e do Surf.




Cava de Viriato A Cava de Viriato, em Viseu, remonta ao século X ou XI, julgando-se que foi construída pelos cristãos com o objetivo de edificar uma nova cidade para substituir a antiga, tantas vezes devastada nas batalhas de reconquista cristã. Poucos se apercebem desta fortaleza construída em terra batida rodeada por um fosso em forma octogonal, delimitado por taludes, que mantém a estratégia romana de construção usada pelos chefes militares do seculo I.Pico do Arieiro O Pico do Arieiro, na Madeira, é o terceiro ponto mais elevado da ilha (1818m) e oferece aos turistas vistas de tirar o fôlego. Isto se o dia estiver limpo, caso contrário poderá sentir-se no topo do mundo, acima de um mar nuvens. Em dias de céu limpo, consegue avistar Porto Santo, para Norte. O acesso é fácil, com estrada e parque de estacionamento perto do topo.




Salinas do Samouco Já conhece as Salinas do Samouco, em Alcochete? Durante muitos anos, a salinicultura foi a principal actividade económica da vila, mas atualmente só funcionam as Salinas do Brito. As Salinas do Samouco são apenas local de refúgio e de nidificação de várias espécies de aves, que podem ser apreciadas em visitas guiadas (5€ com pré-inscrição obrigatória) aos fins de semana pelo Trilho do flamingo (4,56 km e de dificuldade reduzida). Também pode fazer visita sem guia e procurar ver as garças e pernilongos que ali nidificam.




Grutas de Mira de Aire Vem gente de todo o Mundo visitar as Grutas de Mira de Aire, no concelho de Porto de Mós. Localizadas no Parque Natural da Serra de Aires e Candeeiros, são as maiores grutas do país, embora apenas uma pequena parte possa ser visitada. O acesso é feito por 683 degraus (ou elevador, embora não haja acessibilidade a carrinhos ou cadeiras de rodas nas grutas) através de várias "salas" e plataformas formadas no calcário. O passeio inclui precipícios, lagos com moedas e estalactites formadas ao longo de 20 mil anos e custa 6,75€ (adulto).




Ocean Revival É preciso preparação para esta experiência imperdível. O Ocean Revival é um parque submerso ao largo de Portimão, onde foram afundados navios de guerra da Marinha Portuguesa obsoletos para criar o maior recife artificial da Europa. Os mergulhadores têm, aqui, uma oportunidade única de nadar entre a História e a fauna e flora do Algarve.







Algar do Carvão Classificado como monumento natural regional, o Algar do Carvão, na Ilha Terceira, nos Açores, é especial devido à origem vulcânica. As estalactites e estalagmites desta gruta são em sílica, criando estruturas raras e exuberantes.




Fraga Amarela A Fraga Amarela, em Miranda do Douro, é uma enorme superfície vertical de tons amarelos, ocres e pardos (resultado de líquenes e musgos) onde a lenda diz que pode ler-se o algarismo "2". Há quem defenda que está associado aos dois reinos, visto que o rio separa ali Portugal e Espanha; há quem associe às duas línguas faladas (mirandês e português); e a lenda mais romântica diz que quem conseguir ver o "2" tem casamento em Miranda, quem não conseguir não casa.

Pedreira do Campo, Santa Maria A Pedreira do Campo, na ilha de Santa Maria, nos Açores, apresenta uma impressionante parede de "pillow lavas" com mais de 100 m de altura que atesta que a ilha esteve submersa há alguns milhares de anos. Alberga ainda inúmeros fósseis de organismos marinhos de há 5 milhões de anos.




Moinhos de Palmela No Parque Natural da Arrábida, em Palmela, pode fazer o percurso pedestre dos moinhos. Tem cerca de 13km com partida e de chegada na Serra do Louro. Pelo caminho, verá moinhos, a Estação Arqueológica de Chibanes, a Quinta do Anjo (Queijo de Azeitão e vinho) e sepulturas do Neolítico.

Paço Ducal de Vila Viçosa O Paço Ducal de Vila Viçosa, no Alentejo, começou a ser construído em 1501 e só foi terminado no século 17. A fachada de 110 metros revestida a mármore da região faz deste palácio real um exemplar único na arquitectura civil portuguesa. A visita custa 7€ e permite ver frescos e azulejos seiscentistas, tetos em caixotões pintados e lareiras em mármore, bem como colecções de pintura, escultura, mobiliário, tapeçarias, cerâmica e ourivesaria.







Castelo de Silves O Castelo de Silves, no Algarve, é uma das mais notáveis obras da engenharia militar árabe. Tem mais de mil anos e ergue-se no cimo da colina que domina a cidade. Devastada por vários sismos, esta fortificação em polígono irregular foi restaurada na década de 40 do século XX, mantendo as reminiscências árabes únicas que fazem merecer a visita. Foto: Artur Machado/Global Imagens




Aqueduto da Amoreira, Elvas. O impressionante Aqueduto da Amoreira, em Elvas, está incluído na área Património da Humanidade da cidade alentejana. São 7km de um sistema de transporte de águas concluído em 1628 que dominam a paisagem, a par das muralhas e do Forte da Graça, todos a merecer visita antes que o estio aperte.




Funicular de Bom Jesus do Monte, Braga. Construído ainda no século 19, o Funicular de Bom Jesus do Monte, em Braga, é património nacional e está classificado como monumento de interesse público. O percurso tem cerca de 300 metros e liga a base do Bom Jesus ao topo, a cerca de 116 metros de altitude. O sistema de locomoção baseia-se em tanques de água que esvaziam ou enchem, consoante o movimento seja de subida ou descida de duas carruagens em sentidos opostos. A viagem de ida e volta custa 2€. 2 / 20







O que visitar e conhecer em Portugal

Os 12 melhores locais para visitar em Faro

Os 12 melhores locais para visitar em Faro

Fortaleza de Sagres AlgarveA Fortaleza de Sagres, também referida como Castelo de Sagres ou Forte de Sagres, localiza-se em posição dominante coroando a Ponta de Sagres, no sudoeste do Algarve, em Portugal. Da sua falésia escarpada, constantemente batida pelo vento, o visitante usufrui uma deslumbrante panorâmica ...
O que fazer em Faro os 8 melhores pontos turisticos

O que fazer em Faro os 8 melhores pontos turisticos

Museu Etnogrfico e Regional do AlgarveO Museu Regional do Algarve foi criado em 1962, sob o nome de Museu Etnográfico Regional de Faro, tendo como primeiro diretor o artista farense Carlos Porfírio, que foi também o seu promotor inicial   O Museu Etnográfico Regional  foi inaugurado no dia 15 de de...
As 15 melhores coisas para fazer e visitar em Setúbal

As 15 melhores coisas para fazer e visitar em Setúbal

Abul stio arqueolgico de Abul fica em Alccer do SalO sí­tio arqueológico de Abul fica situado na margem direita do rio Sado, na Herdade do Monte Novo de Palma, no municí­pio de Alcácer do Sal, distrito de Setúbal, a cerca de 40 quilómetros a sul de Setúbal. Em Abul encontra-se uma feitor...
Os 10 melhores lugares para visitar em Funchal

Os 10 melhores lugares para visitar em Funchal

Complexo Balnear do Lido FunchalO Complexo Balnear do Lido era o complexo balnear mais conhecido do Funchal, localizado na parte Oeste da cidade (projeto de José Rafael Botelho). Nele existiam duas piscinas de água salgada, renovada todos os dias, que se destinavam uma a adultos e outra a crianças, medindo a primeira 50 m de co...