A capital portuguesa subiu cinco posição no ranking das cidades com melhor qualidade de vida em todo o mundo e ficou no 38.º lugar, à frente de cidades como Paris, Londres, Milão, Madrid e Nova Iorque. Viena, capital da Áustria, volta a ocupar o primeiro lugar, o que acontece há nove anos consecutivos, segundo o estudo “Quality of Living 2018”, da consultora internacional Mercer.

O ranking faz uma comparação entre 231 cidades em todo o mundo, analisando um total de 39 critérios, agrupados por 10 categorias, relativos a temas tão diversos como o ambiente social e político, ambiente económico, serviços médicos e sanitários, educação, serviços de transportes, entretenimento, habitação ou factores naturais, como o clima.