Lisboa foi considerada a quarta cidade mais bonita do mundo para o site americano U City Guides, num ranking liderado por Veneza, na Itália. A capital portuguesa é descrita como “uma das cidades com um melhor cenário do mundo”. “Vistas lindas e inesperadas são descobertas a cada esquina, com as suas ruas pitorescas e coloridas e, especialmente, com os seus miradouros no topo de cada colina”, explica o guia.

O U City Guides diz ainda que Lisboa está em estado bruto, mas é sedutora: “tem uma beleza que não precisa de grande esforço para nos cativar, com as suas fachadas de azulejos e edifícios em tons de pastel”, continua o guia. “Num sítio tão deslumbrante, não admira que muitos dos grandes exploradores questionaram que outras belezas existiriam para lá do horizonte, quando partiram, daqui no século XV”. Conheça a lista das 10 cidades mais bonitas do mundo.

10. Bruges, Bélgica

Pode dizer-se que o capitalismo nasceu na Flandres, e Bruges foi durante muito tempo o expoente máximo da nova classe mercantil que parecia ser a chave da riqueza e do progresso. Foi ali que se trocaram acções pela primeira vez e foi ali que o mercantilismo deu os primeiros passos. Mas também foi ali que os comerciantes se deram conta que o poder económico teria de medir forças com o poder político e religioso. Nos seus tempos áureos, Bruges era um centro de produção e comércio de têxteis. A sua fortuna vinha daí, mas era necessário uma ligação ao mar para escoar os produtos e para receber os compradores e os produtos que vinham de toda a Europa.

 

9. Budapeste, Hungria

Se há cidades que respiram tempos de mudança na “nova” Europa, Budapeste é sem dúvida uma delas. Sedentos de viver, os habitantes da capital da Hungria tornaram-na numa cidade fervilhante, onde a tradição e a modernidade convivem lado a lado. Apadrinhadas pelo omnipresente Danúbio, atracções como o edifício do Parlamento húngaro ou os banhos públicos de Szechenyi são um regalo para o viajante. Relato de uma apaixonada viagem a Budapeste.

8. Roma, Itália

A cidade que fica em sete colinas banhada pelo rio Tibre é um tesouro de monumentos entre algumas das mais bonitas praças e arquitectura clássica do mundo.

7. Florença, Itália

Florença, capital da Toscana, é uma cidade pitoresca e apaixonante, eleita como património mundial pela UNESCO, também é um dos destinos mais famosos da Itália, atrás de Roma e Veneza. Por estas terras circularam grandes artistas como Leonardo da Vinci, Giotto, Michelangelo, entre outros. Neste artigo você vai descobrir o que conhecer em Florença, para aproveitar cada instante nesta belíssima cidade italiana.

6. Amesterdão, Holanda

Cada um dos milhares de edifícios que norteiam os principais canais de Amesterdão pode ser classificado como um monumento, lindamente mantido como apartamentos, escritórios, cafés, restaurantes e até mesmo bordéis.

5. Rio de Janeiro, Brasil

Há aqueles que dizem que Deus criou o mundo em seis dias e dedicou um sétimo ao Rio. A cidade é realmente abençoada com uma das configurações mais impressionantes do mundo, tornando-se a cidade mais naturalmente bonita do mundo.

4. Lisboa, Portugal

Numa cidade que foi recebendo muitas e diferentes culturas vindas de longínquas paragens ao longo do tempo, ainda hoje se sente um respirar de aldeia em cada bairro histórico. Podemos percorrer a quadrícula de ruas da Baixa pombalina que se abre ao Tejo na Praça do Comércio e, seguindo o rio, conhecer alguns dos lugares mais bonitos da cidade: a zona monumental de Belém com monumentos do Património Mundial, bairros medievais, e também zonas de lazer mais recentes ou contemporâneas, como o Parque das Nações ou as Docas.



Continuando junto à foz do rio vamos perceber porque se diz que Lisboa é o centro dum vasto resort. Pela estrada marginal vamos conhecer praias e estâncias balneares que combinam villas e hotéis do início do séc. XX com marinas, esplanadas e modernos equipamentos desportivos, com particular destaque para o golfe e a náutica de recreio. Seguindo a costa vamos encontrar spots de surf de renome mundial, mas também os palácios espalhados pela paisagem cultural de Sintra, Património Mundial.




Tanto a norte como o a sul da capital, a grande variedade de paisagens e património fica sempre a curta distância. Com praias, parques naturais, percursos culturais e alojamento para todos os gostos, é difícil escapar à região de Lisboa numa visita a Portugal. O fado é mais uma expressão portuguesa também elevada a Património Mundial. Por isso, jantar numa casa de fados será outra experiência a não perder. E depois ainda nos juntamos em animados bares e discotecas, onde festejamos com um copo a chegada de quem nos visita.

 

3. Praga, República Checa

Com 1,3 milhões de habitantes, a incrível cidade de Praga se destaca das demais no Leste Europeu. A capital da República Checa tem no turismo a sua principal actividade económica, o que se revela em centenas de hotéis e restaurantes a preços módicos, e outros tantos onde o luxo e a sofisticação combinam com a arquitectura sumptuosa e preservada. A cidade que já sobreviveu em duas grandes guerras deste século, ainda hoje, 11 anos após a queda do comunismo, celebra uma espécie de renascimento cultural que toma conta da cidade durante o ano todo.

2. Paris, França

O Sena e as pontes que o atravessam, os grandes bulevares, as praças monumentais, os magníficos monumentos, as ruas encantadoras de Montmartre – essas imagens de Paris confirmam que é realmente a mais elegante e sofisticada de todas as cidades.

 

1. Veneza, Itália

Entre aqueles que o viram pessoalmente, a conclusão é unânime: Veneza é a cidade mais bonita do mundo, e a cidade que pode ser verdadeiramente descrita como única. Cada edifício é uma obra de arte, com a beleza aprimorada quando reflectida nos canais que atravessam a cidade.