Castelo de Soure (Coimbra - Século X) - no século XII, foi entregue à Ordem dos Templários

Pensa-se que a construção deste castelo foi iniciada no século XI, mas pouco tempo depois foi destruído pelos Mouros durante uma batalha. Cem anos mais tarde, o castelo foi doado ao Conde Fernando Pérez de Trava, que o reconstruiu. Pertenceu à Ordem dos Templários que o usou como sede e também à Ordem de Cristo.

O castelo foi levantado no vale inferior do rio Mondego, em um local anterior a ocupação dos romanos. Tinha como estratégia a defesa do acesso a Coimbra. Tornou-se o local de sede da ordem em terras portucalenses, que até então estava localizada em Fonte da Arcada. Foi dado o senhorio aos Templários, em 1128, por dona Teresa, regente do condado Portucalense.

O senhorio da região à ordem do Templo, foi posteriormente confirmada por dom Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal. Com o fim da Ordem do Templo, passou para a posse da Ordem de Cristo, que o manteve até o fim do século XIX. Chegou aos tempos actuais apenas as ruínas do castelo, mas não se deixa de poder ver a sua imponência medieval

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal