Loriga

Loriga é conhecida como a “Suíça Portuguesa” devido à sua extraordinária paisagem e localização geográfica. Rodeada por montanhas, das quais se destacam a Penha dos Abutres (1828m de altitude) e a Penha do Gato (1771m), é abraçada por dois cursos de água: a Ribeira de Loriga ou “Courelas ou “Nave”, e a Ribeira de S. Bento. A Ribeira de Loriga, é um dos maiores afluentes do Rio Alva.

 



 

 

Covão da Ametade

 



 

O Covão da Ametade é um dos locais mais simbólicos  e mais belos da Serra da Estrela. Está localizado no início do Vale Glaciário do Zêzere. Trata-se de uma depressão mal drenada situada num covão glaciar a jusante do covão cimeiro.

Apesar do local estar a uma quota perto dos 1500 metros de altitude, só não está acessível nos dias de inverno mais rigoroso em que as estradas não permitem passagem devido à queda de neve.

 

Linhares da Beira












Aldeia medieval do séc. XII, Linhares da Beira possui uma diversidade arquitectónica ímpar, fruto do legado de várias épocas. Em 1169, recebeu o seu primeiro floral, atribuído por D. Afonso Henriques.

Mas só mais tarde, no reinado de D. Dinis, foi erigido o seu imponente Castelo, ex-líbris da aldeia e principal cartão de visita nos nossos dias. Deambular pelas ruas desta aldeia museu é fazer uma incursão ao passado, à sua história, e sentir a brisa do Vale do Mondego e acariciar-nos o rosto.

Alvoco da Serra









Situada no coração do Parque Natural da Serra da Estrela, Alvoco da Serra é uma localidade de fortes tradições e origens muito antigas, conservando alguns vestígios da presença dos romanos, nomeadamente uma calçada onde foram encontradas moedas da época.

Em redor, não faltam múltiplas possibilidades para óptimos passeios, à descoberta das maravilhas e segredos da serra, entre lendas e histórias antigas.

 

 

Guarda

 



 

 

Fundada no século XII pelo segundo rei de Portugal, D. Sancho I, Guarda insere-se na paisagem montanhosa da Serra da Estrela e é considerada a cidade mais elevada do país, impondo-se a uma impressionante altura de 1056 metros. A Torre é o pico mais elevado da Serra (1993 metros), bem como o mais alto de Portugal continental, e acolhe a famosa estância de esqui do Parque Natural da Serra da Estrela.

 

Cabeça

 



 

 

Em plena serra da Estrela encontramos a aldeia de Cabeça, uma pitoresca aldeia onde predomina o casario em xisto, um local repleto de encantos e histórias que vale a pena desvendar. A tradição e a identidade desta aldeia está muito associada ao cultivo dos campos em socalco e à pastorícia.

 

Torre

 



 

 

A Torre é o ponto de maior altitude da Serra da Estrela e também de Portugal Continental, e o segundo mais elevado de Portugal(apenas a Montanha do Pico, nos Açores, tem maior altitude – 2351 m). Este ponto não é um cume característico de montanha, mas sim o ponto mais alto de uma serra.

A Torre tem a característica incomum de ser um topo acessível por uma estrada pavimentada, no fim da qual há uma rotunda com um monumento simbólico da Torreexistindo também um marco geodésico. Diz-se, embora tal não seja confirmado, que o rei D. João VI teria no início do século XIX mandado erigir aqui um monumento em pedra, de modo a completar a altitude até chegar aos 2000 metros.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal