Portugueses gastaram 2,1 mil milhões de euros no estrangeiro, no primeiro semestre, o equivalente a 11,6 milhões de euros por dia.




Portugueses gastam em média 700 euros nas férias

A maioria dos portugueses que participaram num estudo pretendem sair do local onde residem para aproveitar as férias, escolhe Portugal como destino e planeia gastar 700 euros, o que para metade corresponde ao mesmo valor que em 2016. 

O estudo desenvolvido pelo Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM),




Portugal no fundo da tabela europeia dos gastos com férias

 

Os últimos dados do Eurostat revelam que, em 2015, cada português gastou em média 156,27 euros em estadas de pelo menos uma noite.

Em 2012, um ano depois do pedido de ajuda externa, os gastos dos portugueses com férias não ultrapassaram os 111,78 euros por dia. No ano seguinte o valor foi ainda menor, com a média dos gastos a ficar pelos 106 euros.

O primeiro lugar da tabela pertence ao Luxemburgo: o grão-ducado tem gastos na ordem dos 740 euros por dia, quase cinco vezes mais do que Portugal. Segue-se a Áustria, com 610 euros, Malta, onde as despesas rondam os 593 euros, e a Bélgica, com cada turista a gastar 564 euros em 2015.

Portugal continua a competir na liga dos últimos, tendo abaixo na tabela apenas a Letónia e a Roménia, onde os gastos não vão além dos 116 euros, e a Hungria, onde a despesa média diária ronda os 129 euros. Ainda com gastos inferiores a 200 euros por dia, mas acima de Portugal na tabela, surge a Bulgária, com um valor diário a rondar os 160 euros. Em Espanha, o aumento foi de 26% em quatro anos, para uma média de 222 euros em 2015.