O que fazer em Odemira os 7 melhores locais para visitar


Praia do Malhão





Num areal enorme que é genericamente designado por Praia do Malhão, coexistem diversas pequenas praias diferenciadas pelos acessos e designadas por Praia da Cruz, do Saltinho, dos Nascedios e das Galés.Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, uma área protegida muito bonita, a Praia do Malhão é tão grande que é sempre possível encontrar espaços desertos, apesar de ser muito procurada pelos veraneantes e por surfistas atraídos pela ondulação forte deste mar bravio.



Praia das Furnas Vila nova de mil fontes





Localiza-se na margem sul do Mira, tendo como cenário de fundo as praias da Franquia e do Farol e parte de Vila Nova de Milfontes.

A partir de Vila Nova de Milfontes são dois os itinerários possíveis: pela ponte ou através de uma embarcação que, durante os meses de verão, assegura a ligação entre as duas margens.

Oferece excelentes condições para os desportos náuticos.

Situada perto de Vila Nova de Milfontes, na margem esquerda do Rio Mira, a Praia das Furnas é uma praia fluvial, com forte influência marítima. Durante a maré vazia a praia estende-se para lá da foz do Rio Mira, formando-se pequenas enseadas no areal entre as rochas.Os amantes dos desportos náuticos têm a possibilidade de praticar windsurf, vela ou canoagem no curso do rio, onde as águas são bastante mais tranquilas.



Praia da Zambujeira do Mar





Integrada no Parque Natural da Costa Vicentina e Sudoeste Alentejano, a Praia da Zambujeira do Mar está rodeada por falésias altas, de onde se pode apreciar um deslumbrante panorama sobre o oceano. Banhada por um mar de ondulação forte, com boas condições para a prática de surf e bodyboard, a praia está situada junto à povoação da Zambujeira do Mar, com acesso direto. Muito concorrida durante o verão, esta região regista uma enorme afluência de jovens que no 1º fim de semana de agosto vêm assistir ao Festival do Sudoeste, um dos mais importantes festivais de música de Portugal

   

Praia de Almograve Odemira





Inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Praia de Almograve faz a diferença numa costa rochosa e recortada, pelo seu extenso areal cercado de arribas e dunas avermelhadas. Com infraestruturas de apoio e espaçoso parque de estacionamento, a praia está situada junto à vila de Almograve, uma povoação tranquila que vale a pena percorrer a pé e sem pressas. Para sul, fica o Cabo Sardão, um lugar agreste mas muito belo, de onde se avista um deslumbrante panorama sobre a costa recortada que esconde praias desertas.

Situa-se a cerca de quinhentos metros do centro da aldeia de Almograve, um percurso que pode ser feito a pé e que possibilita ao visitante um maior relaxamento na praia. Constituída por duas partes distintas de praia, em que uma delas é formada por rochas e arribas de xisto, denominada como praia de Nossa Senhora, e a outra, a maior parte, a praia com o mesmo nome da aldeia, apresenta um longo areal que vai de encontro às dunas.

Estas duas praias, à semelhança das da Costa Vicentina em todas as suas dimensões, são por si só indicativos bastantes agradáveis, podendo-se traduzir em verdadeiros oásis para os banhistas que as frequentam.



Praia de São Torpes





A Praia de São Torpes é uma praia portuguesa situada no concelho de Sines, em plena zona costeira do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Esta praia possui um extenso areal de areias finas e claras, com águas procuradas por surfistas e por adeptos de águas mais quentes, já que, perto da praia encontra-se um complexo energético da EDP.

É famosa, sobretudo, por acreditar-se que foi nesta que deu à costa o corpo de São Torpes e a quem foi buscar o nome pelo qual se tornou conhecida. Perto da praia encontra-se o Padrão de São Torpes, que marca o local exato onde o santo e mártir cristão foi sepultado.

Uma ondulação forte e regular faz da Praia de São Torpes uma das melhores para a prática de surf na costa portuguesa, existindo aqui diversas Escolas que possibilitam a aprendizagem desta modalidade. Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, mais precisamente no seu extremo Norte, a Praia de São Torpes possui um areal extenso, pontuado aqui e ali por algumas rochas, banhado por um mar com temperatura mais elevada do que as suas vizinhas.



Praia do Salto





A Praia do Salto é uma praia no concelho de Sines, a norte da Praia da Cerca Nova e da vila de Porto Covo, e a sul da Praia do Cerro da águia . É constituí­da por um areal no fundo de uma pequena falésia.

É uma das sete praias naturistas oficiais de Portugal. Numa das falésias da praia, existe uma pequena bica de água doce, onde se pode tomar um banho leve.

A Praia do Salto situa-se entre a Praia do Cerro da Águia e a Praia da Cerca Nova; com um ambiente de privacidade e tranquilidade

Privacidade e formosura: na simplicidade de um recanto  que convida à calma e ao descanso.

Muito bonita, selvagem e abrigada do vento permite, durante a baixa-mar, o acesso à praia da Cerca Nova.

A zona envolvente possui alguns caminhos pedestres que dão acesso a praias deslumbrantes – o Alentejoturismo aconselha este percurso (verRota M1109 – Rota das Praias)



Praia do Monte Velho Santiago do Cacém





A Praia Monte Velho fica próxima da Lagoa de Santo André, em Santiago do Cacém.Para se aceder à praia é necessário caminhar sobre os passadiços que existem sobre as dunas. É uma caminhada de menos de 10 minutos entre o estacionamento e a praia mas vale bem a pena! É muito bonito!A praia caracteriza-se por ter areia grossa e mar agitado. Não tem vigilância nem qualquer infra-estrutura de apoio, por isso pode ser perigoso entrar no mar.

A praia do Porto das Carretas ou Monte Velho faz parte da grande praia Troia - Sines. Praia com areias muito brancas e ainda muito selvagem, e por isso sem apoios, está integrada na Reserva Natural das Lagoas da Sancha e Santo André



  • O que fazer em Odemira os 7 melhores locais para visitar


Outros Artigos Populares no Blogue