O que fazer em Albufeira os 10 melhores sitios para visitar na cidade


Praia da Galé Albufeira, no Algarve





A Praia da Galé localiza-se no concelho da Albufeira, no Algarve, sul de Portugal.

Esta praia é constituí­da por duas componentes que estão divididas por uma falésia, contudo encontram-se ligadas por escadas. A praia da Galé Oeste estende-se até à praia dos Salgados, enquanto que a praia da Galé Este está confinada por falésias, exceto na maré baixa dos meses mais soalheiros.

De lotação quase sempre esgotada, trata-se de uma praia para todos os gostos, com arribas a este e dunas a oeste. O areal é extenso e água de boa qualidade. Predominam os banhistas portugueses.

Diz-se que a origem do nome se deve ao facto de ter naufragado uma galé na praia, prevalecendo então o nome de Praia da Galé.

Existe uma outra Praia da Galé no concelho de Grândola.

 

A Praia da Galé configura o extremo leste da ampla baía arenosa de Armação de Pera. Nesta praia as formações rochosas características do barlavento algarvio emergem de novo das areias, proporcionando recantos e abrigos para os banhistas, sobretudo no troço a nascente, sendo o setor poente mais exposto.

Estas rochas carbonatadas de cores quentes e muito ricas em fósseis marinhos, também chamadas de concheiros, testemunham uma época pretérita em que o nível do mar se encontrava mais para o interior. Atualmente encontram-se muito esculpidas pelas águas da chuva e polidas pelo mar, revestidas por plantas adaptadas à salsugem como a barrilha. 



Praias da Oura Poente & Oura Nascente





Estas praias ocupam uma grande parte da orla costeira. No seu extremo Oeste existem mais funcionalidades e estruturas turísticas e náuticas, ao passo que o seu lado a Este tende a ser mais deserto de qualquer actividade ou presença humana. O Hotel da Aldeia está localizado 500 metros a norte da praia. O parque de estacionamento é pago, no entanto a praia também comporta casas de banho, restaurantes e a presença de um salva vidas com função de vigiar a praia durante o verão.

Praia do Inatel





Esta praia deve o seu nome ao edifício do Inatel localizado no seu extremo oeste. Chega a ser muito povoada durante o verão devido à sua proximidade a Albufeira. Há estacionamento, restaurantes, casas de banho, salva vidas no verão e com acesso facilitado para pessoas com limitações motoras.

Praia de Santa Eulália





Esta bonita praia tem um pequeno passeio marginal e está rodeada de barrancos profundos e de pinheiros. Os Apartamentos Alfagar têm acesso directo a esta praia. Há também um parque de estacionamento, casas de banho, algumas opções de restauração como bares e restaurantes.

Praia do Evaristo Albufeira Algarve





A praia do Evaristo é uma pequena praia situada em Albufeira, Algarve. Deve o seu nome ao restaurante homónimo do local.

A praia é agradável e rochosa, com um areal reduzido que, no verão, se assemelha a um centro comercial num dia de chuva. O acesso é feito pela mesma estrada que conduz ao elitista Clube Casa do Castelo, onde se acotovela o jet set português.

O areal é de pequenas dimensões e há, por todo o lado, formações rochosas de topo plano que criam pequenas enseadas. A falésia baixa que circunda a praia está repleta de vegetação, sobretudo pinheiros que trazem o verde quase até à areia.

 

Esta é uma pequena praia rochosa, encaixada entre arribas baixas e esteticamente recortadas. Enormes blocos rochosos revestidos de algas dispersam-se pela linha da maré e zona imersa, impregnando o ar de maresia. O areal quente e seco encontra-se enquadrado por vegetação, sobretudo pinheiro-manso, aroeira e enormes piteiras. Mais próximo do areal, domina a barrilha, planta resistente à salsugem. 



Praia da Almargem (Cavalo Preto)





A praia é frequentemente alagada pela ribeira de Almargem que possibilita a criação de bonitas e extensas lagoas de águas cristalinas. Isto permite criar uma vista idílica de mar, ceu e piscinas de águas rasas ideais para tomar banho sem perder o pé, o que é excelente para casais com filhos.

Praia do Evaristo





Esta pequena e rochosa praia tem vários caminhos entrelaçados que conduzem até ao topo das falésias. Aí pode-se admirar a praia e a costa circundante, são vistas de rara beleza dignas de um postal. Esta bela praia também tem estacionamento bem perto, restaurantes, casas de banho e é vigiada durante o verão.

Praia do Castelo de Albufeira





No Castelo as arribas elevam-se, marcando a paisagem. O areal, encaixado entre paredes pedregosas, desdobra-se em recantos escondidos e pequenas enseadas. Na extrema leste da praia, uma cénica formação rochosa que faz lembrar as ameias de um castelo fantasioso, batiza a praia.

Trata-se dum pequeno promontório muito recortado, com leixões destacados que constituem núcleos rochosos mais resistentes à erosão. Na envolvente da praia domina o verde profundo dos pinhais. No topo aplanado dos leixões também domina o verde, desta feita de plantas adaptadas ao ambiente marinho como a barrilha, a salgadeira e o funcho-do-mar. Diversas aves marinhas, como os falcões ou os corvos-marinhos, apreciam estes locais inacessíveis a predadores terrestres.

As caminhadas pelas arribas estão aqui favorecidas, descobrindo-se pequenas enseadas e observando-se geoformas geradas pela erosão, sobretudo algares e grutas. Recomenda-se, porém, cautela e a guarda de uma distância de segurança ao rebordo das arribas.



Praia da Maria Luísa





Esta praia tem interessantes e coloridos rochedos e pequenas ravinas. Esta praia tem acessos facilitados para pessoas com limitações físicas. Também há casas de banho, chuveiros, restaurantes e estacionamento ao dispôr. A praia da Maria Luísa encontra-se vigiada durante o verão.

Praia Rocha Baixinha Leste Albufeira Algarve





Popularmente conhecida como a Praia dos Tomates, devido às plantações que existiam junto a um dos caminhos que lhe dá acesso, a Praia da Rocha Baixinha é uma zona tranquila no extremo leste da extensa Praia da Falésia, frequentada por muitos políticos portugueses. Muito perto da Marina de Vilamoura, um dos polos de maior animação do Algarve, esta Praia divide-se em duas áreas - Oeste e Leste.A sua qualidade ambiental reconhecida pela atribuição da bandeira azul ao longo dos anos, foi confirmada em 2003 pela certificação ambiental ISO 14001, que obteve após a candidatura apresentada pela Lusotur, empresa que gere Vilamoura.

Fazendo justiça ao nome da praia, as arribas rubras da Praia da Falésia rebaixam, dando progressivamente lugar a cristas dunares onde crescem plantas típicas das areias, como o cardo-marítimo, a luzerna-das-praias e o narciso-das-areias.

Também os empreendimentos turísticos cedem temporariamente lugar aos campos agrícolas da várzea da Ribeira de Quarteira, o que já valeu ao à Rocha Baixinha o sugestivo nome de Praia dos Tomates.

O caminho para a praia segue ao longo de campos cultivados, estufas e pastagens, bem como de vestígios mais antigos da utilização agrícola do vale, de que são exemplo as noras. Entre a praia e o amplo vale subsistem as formações rochosas ocres muito ravinadas, onde manchas densas de pinhal se misturam com pomares de sequeiro.

A bicharada abunda por estes bosques, coelhos, raposas e muitas aves, como as típicas poupas, encontram alimento e abrigo no local. O areal é amplo e para leste avistam-se já os molhes da marina de Vilamoura.



  • O que fazer em Albufeira os 10 melhores sitios para visitar na cidade