O que fazer em Peniche os 10 melhores pontos turisticos


Forte de São João Baptista das Berlengas





O Forte de São João Baptista das Berlengas, ou simplesmente Fortaleza das Berlengas, localiza-se na ilha de Berlenga Grande, no arquipélago das Berlengas, integrando o conjunto defensivo de Peniche, no distrito de Leiria, em Portugal.

As Ilhas das Berlengas conta com a presença humana desde o ano 1000 a.C. e foi um local bastante importante na rota marítima atlântica, que fazia ligação entre o Sul e o Norte do Continente Europeu.

Por estas águas navegaram civilizações fenícias, romanas e mais tarde, os portugueses aquando navegavam pelo mundo fora em busca de novos territórios.

Durante o século XV, foi um lugar de bastante interesse para a realeza portuguesa para a prática da caça do coelho, e por esta razão, D. Afonso V declamou este pequeno arquipélago como uma área protegida, proibindo quaisquer acções prejudiciais na vida selvagem ali presente.

A ilha da Berlenga Grande, ao largo da costa de Peniche, foi ocupada no início do século XVI por uma comunidade de frades jerónimos que aí edificou o Mosteiro da Misericórdia da Berlenga para auxílio aos náufragos. No entanto os ataques de corso afastaram os frades do arquipélago, e em meados do século XVII D. João IV ordenava a edificação de uma fortaleza na ilha, com o objectivo de reforçar a defesa da cidadela de Peniche. 

Foi então edificado o Forte de São João Baptista, sobre um ilhéu junto à enseada da ilha e a ela ligado por uma ponte de alvenaria. O projecto da fortaleza é atribuído ao engenheiro Mateus do Couto. Em 1666 o Forte da Berlenga foi preponderante para travar o ataque de uma esquadra espanhola, que tinha por objectivo raptar a rainha D. Maria Francisca de Sabóia na sua chegada a Portugal, à época do seu casamento com D. Afonso VI. Depois deste ataque o rei mandou reparar a fortaleza, aumentando o poder de fogo da mesma, como atesta a inscrição na porta de armas. 



Igreja de São Leonardo





A Igreja de São Leonardo de Atouguia da Baleia ou Igreja paroquial de Atouguia da Baleia ou Igreja matriz de Atouguia da Baleia (final do século XIII; séc. XIV) localiza-se no largo de São Leonardo, Atouguia da Baleia, concelho de Peniche, distrito de Leiria, Portugal (lat: 39.336491 long:-9.325337).

Edificação religiosa de caracterí­sticas romano-góticas (apresenta também alguns elementos manuelinos e maneiristas); está classificada com Monumento Nacional desde 1949 (Decreto n.º 37 450, DG, I Série, n.º 129, de 16-06-1949).



Praia de Peniche de Cima ou Praia do Norte em Peniche





Também conhecida como Praia do Norte, da Cambôa ou Gambôa, tem um areal extenso e águas calmas. Tem passadeiras de acesso à praia. Com boas infra-estruturas de apoio tem acesso à praia.

Desde tempos imemoriais,  Peniche viveu intimamente ligado ao mar. Inicialmente era uma ilha, mas com o vento e as marés tornou-se uma península. Devido à sua localização estratégica, a riqueza de suas terras e de sua costa, ocuparam estas terras diversas civilizações desde os tempos pré-históricos, mais precisamente o Paleolítico Médio.   Com a ocupação da população romana, a economia baseada principalmente na agricultura e pesca, confirmam a importância da indústria de conservas, uma actividade que continua até hoje.

Peniche foi e continua a ser o palco dos mais prestigiados surfistas do mundo. As ondas fantásticas, o espectáculo das manobras, a presença dos melhores surfistas do mundo, a par de uma atmosfera festiva, fazem do Rip Curl Pro Portugal – Peniche um evento simplesmente a não perder!

As praias de PenicheSupertubos Famosa à escala global graças às suas ondas tubulares, a praia dos Supertubos situa-se numa Zona de Reserva Nacional Ecológica.Reconhecida pela sua qualidade ambiental, foi distinguida com a Bandeira a Azul e a Bandeira Praia Acessível.A Praia dos Supertubos é palco de uma das mais prestigiadas competições de surf a nível nacional e internacional entre os desportos relacionados com todas as ondas.





Praça-forte de Peniche monumento nacional





A Fortaleza de Peniche, monumento nacional desde 1938, localiza-se na cidade de mesmo nome, no distrito de Leiria, em Portugal. É uma fortificação implantada na encosta sul da Pení­nsula de Peniche, por sobre as arribas, entre o porto de pesca, a leste, e a Gruta da Furninha a oeste. .

É também um museu, historicamente designado como Museu Municipal de Peniche ou simplesmente Museu de Peniche. Existe enquanto tal desde o iní­cio da década de oitenta, reunindo colecções de arqueologia (representativas do espólio da gruta da Furninha), de arqueologia subaquática e terrestre da região de Peniche como objectos recolhidos no ilheu da Papoa por Jean-Yves Blot, provenientes do naufrágio do galeão San Pedro de Alcântara , além de vestí­gios paleontológicos locais únicos no mundo , de malacologia (ramo da biologia que estuda os moluscos), de construção naval e de artesanato local (rendas de bilros). A recuperação da área principal da prisão polí­tica foi feita graças a dinheiros da autarquia (Pavilhão C ). Poderiam a partir daí­ ser visitadas as antigas celas dos presos, o que atraiu anualmente um número considerável de visitantes (cerca de 100.000).

 

Edificação chave na defesa Atlântica do reino, a Fortaleza destaca-se pela traça típica em forma de estrela, incluindo o Baluarte Redondo, a Torre de Vigia e a Capela de Santa Barbara. Para além de importante praça defensiva, a fortaleza teve várias utilizações ao longo da história, sendo a mais conhecida prisão política. Acolhe o Museu Municipal com o Núcleo evocativo da Resistência à Ditadura do Estado Novo, sendo restituída à cidade com a Revolução do 25 de Abril de 1974.



Praia do Baleal-Sul Peniche





Baleal é uma pequena península situada ao norte de Peniche, na região Oeste, de Portugal, separada do continente por um tômbolo, formando uma praia de fina areia branca. Na continuidade da enseada existem igualmente a ilhota das Pombas e o ilhéu de Fora

O mar da Praia do Baleal Sul é o que a distingue da Praia do Baleal Norte. Aqui pode ir a banhos tranquilamente, com o mar relativamente calmo, não sendo estas ondas a opção número um dos surfistas..

A Praia do Baleal (Sul) localiza-se na zona Este da Baía de Peniche de Cima.O areal, extenso e amplo, apresenta apenas resquícios de um sistema dunar outrora aqui existente. As águas são serenas, fruto da proteção natural proporcionada pela Península do Baleal.



Praia da Cova de Alfarroba em Peniche





Situada numa baía acolhedora, a Praia da Cova de Alfarroba é uma estância balnear cuidada e muito apreciada, com um areal espaçoso, separado da estrada por um cordão de dunas que embelezam a paisagem. A praia abrigada é excelente para banhos e possui completas infraestruturas de apoio.



Praia do Porto de Areia Sul Peniche





A Praia do Portinho da Areia Sul possui um areal de pequenas dimensões.Na zona Este, uma enorme formação rochosa domina a paisagem dentro e fora de água.



Praia dos Belgas em PENICHE





com múltiplos picos numa praia muito extensa e onde ainda se pode surfar com pouco crowd.Aqui as ondas tem bastante power e pode por vezes dar grandes tubos quando está clássico.

Maré – todasSwell – norteVento – leste e suduesteNível de dificuldade – 3 / 5Tamanho max. da onda – acima dos 2 metros



Praia de São Bernardino Peniche





Situada numa área urbana e protegida por uma arriba, a Praia de São Bernardino tem um areal acolhedor com bons acessos e possui excelentes infraestruturas de apoio.



Forte da Praia da Consolação Peniche





O Forte da Praia da Consolação localiza-se na freguesia de Atouguia da Baleia, concelho de Peniche, distrito de Leiria, sub-região do Oeste, em Portugal.

O Forte localiza-se junto à praia com o mesmo nome. De destacar a porta, encimada pelas armas reais, e a ponte sobre o fosso, apoiada por duas galerias abobadadas.



  • O que fazer em Peniche os 10 melhores pontos turisticos


Outros Artigos Populares no Blogue