Embora a medida de reposição de areias tenha sido aprovada em março pelo ministro do Ambiente João Pedro Matos Fernandes, só vai ser possível avançar agora, o que tem gerado revolta nos donos dos negócios daquela zona. Segundo a mesma publicação, o processo deve prolongar-se entre 30 e 45 dias.

 

Este verão as praias da Costa da Caparica, vão estar fechadas pretende-se que se consiga colocar um milhão de metros cúbicos nos vários areais, a começar pelas praias da Saúde e Nova. Entre 19 e 24 de agosto, a praia do Tarquínio-Paraíso estará interditada. O resto do calendário, que retira cinco dias de banhos a cada uma das praias, ainda não está definido.