Muito da sua popularidade é devido à sua praia que é considerada uma das mais bonitas do país, de mar muito azul e calmo, em forma de concha única em Portugal e na Europa,  com um extenso areal, que está protegida das ondas e ventos fortes pelas arribas naturais formadas pela baía. A beleza incomparável deste local inspirou a visita de vários monarcas entre os quais o Rei D. Carlos que terá dito: Tenho viajado muito em Portugal e no Estrangeiro, mas não conheço nada mais lindo do que São Martinho do Porto”.

 

 

São Martinho do Porto situa-se a 100km a norte de Lisboa e a 13km a sul da Nazaré. Há uma praia de areias finas em uma bela baía, onde o mar é muito calmo. A baía de S. Martinho é o último vestígio de um antigo golfo que até ao século XVI se estendia até Alfeizerão, aberto ao oceano através de uma barra de cerca de 250 metros de largura, entre as colinas de Santana

 



 

A baía de S. Martinho do Porto é o último vestígio de um antigo Golfo que até ao século XVI se estendia a Alfeizerão e que se abre ao Oceano através de uma barra, com cerca de 250 metros de largura, entre os morros de Santana, a Sul, e do Farol, a Norte. 
Na Avenida Marginal, centro cosmopolita da vila, multiplicam-se as esplanadas, lojas, bares e restaurantes quase todos especializados nos sabores do mar: a lagosta suada, a santola recheada, o lavagante, o robalo, as douradas e o linguado grelhado ou a sardinha assada

 

Situada numa baía voltada para o Atlântico foi até ao final do séc. XIX um importante porto marítimo, mas nos dias de hoje. está claramente orientada para o turismo.