1. Quinta da Bouça d’Arques – Vila de Punhe, Viana do Castelo

 

No norte de Portugal, encontra uma maravilhosa quinta onde a sustentabilidade e o amor pela mãe natureza estão presentes em cada detalhe, grande ou pequeno: toda a água é proveniente de minas e poços, sendo reaproveitada sempre que possível; os maravilhosos jardins da extensa propriedade florescem graças a um sistema de compostagem; as moscas e os mosquitos são “reencaminhados” com pulverizações de vinagre e água; a piscina é livre de cloro; e é promovida a vida ao ar livre, quer através de bicicletas que são disponibilizadas para os hóspedes, quer através de um pequena casa de madeira para as crianças se divertirem. O difícil será escolher entre as 7 casas disponíveis (6 T1 e 1 T2) que, com nomes tão apelativos como Casa da Lavanda, Casa do Ácer ou Casa da Magnólia, a vontade vai ser de voltar muitas vezes, para poder conhecê-las todas.

Mais informação: www.boucadarques.com

2. Casas do Côro – Marialva, Meda

 

Apesar de nesta histórica vila de Marialva existirem inúmeras e maravilhosas casas por onde escolher, quem é fã de um estilo de vida mais verde, vai imediatamente reservar o Suite Eco Sustentável dos Bogalhais. Construído exclusivamente com materiais sustentáveis e reciclados, está localizado no coração da beleza natural desta região. Neste espaço, os consumos de recursos energéticos foram baixados graças ao uso de painéis solares; a água da chuva é captada e reaproveitada; a reciclagem é palavra de ordem e os alimentos aqui servidos têm proveniência biológica. O lazer fica entregue à descoberta local: aldeias históricas, o Parque Arqueológico do Vale do Côa (fica apenas a 20 km) e atividades de pegada verde, como caminhadas, passeios de bicicleta ou piqueniques gourmet. Aqui, todo o impacto ambiental é reduzido ao mínimo, para que seja uma estadia ecológica ao máximo…

Mais informação: www.casasdocoro.com.pt

3. Casa das Penhas Douradas – Penhas Douradas, Manteigas

 

Encaixado em plena Serra da Estrela, este charmoso boutique hotel tem, a par com a sua localização privilegiada, um design moderno muito apelativo… onde se esconde uma personalidade bem verde. Revestido com madeira de bétula e cortiça, passando pelos painéis solares e um sistema de sombra e ventilação natural que dispensa o uso de ar condicionado, este hotel é tão ecológico que tem a sua própria ETAR, utilizada para a separação do seu lixo. Ser amigo do ambiente prolonga-se de dentro para fora das suas lindas paredes e, para além de contemplar e desfrutar da companhia da mãe natureza, os hóspedes são ainda convidados a ajudar a manter as serras limpas nos percursos pedestres em que participam. Pegadas literalmente verdes…

Mais informação: www.casadaspenhasdouradas.pt

4. Casa da Cisterna – Castelo Rodrigo, Figueira de Castelo Rodrigo

 

Um hotel rural habilmente construído sobre uma antiga cisterna de água que em tempos fornecia toda a aldeia, este espaço é um convite ao passado, com um olhar para o futuro… que se quer sustentável! Com diversos e agradáveis quartos por onde escolher, todos foram revestidos com isolamentos térmicos, de forma a baixar o consumo de recursos energéticos. Os espaços são aquecidos com recuperadores de calor, que são alimentados com lenha proveniente das limpezas florestais e a água é aquecida com recurso a painéis solares. Com um sistema de reciclagem bem definido, tudo é separado e, em termos de alimentação, o que for possível aproveitar, é usado para alimentar os animais, incluindo os burros de raça mirandesa que se quer preservar. A burro, a pé ou de bicicleta, desfrute deste maravilhoso cenário, acompanhado por um delicioso piquenique. Uma forma de receber e de estar muito própria, muito ecológica, que vale a pena conhecer…

Mais informação: www.wonderfulland.com/cisterna/

5. Areias do Seixo – Póvoa de Penafirme, Torres Vedras

 

Rodeado pela frescura do pinhal e da praia, este hotel amigo do ambiente irá converter até o ecologista mais cético, pois, é a prova viva de que ecologia e estilo podem andar perfeitamente de mãos dadas. A preocupação com o meio ambiente começou com a própria construção e decoração do hotel, onde foram usados materiais reciclados e reaproveitados (existem ainda peças e mobiliário que foi criado com materiais recolhidos depois de uma forte intempérie na zona); o isolamento térmico ficou a cargo da cortiça inserida nas paredes duplas; a água e o próprio ambiente do hotel são aquecidos com geotermia (sistema ecológico que utiliza a temperatura existente no interior da terra); reutilização de águas pluviais e água da chuva; circuito de compostagem, horta biológica que serve o hotel e muito mais… incluindo um “relógio ecológico” que mede, em tempo real, tudo aquilo que o hotel consome e produz. Aqui vive-se e respira-se turismo sustentável no seu estado mais puro, mas também mais luxuoso.

Mais informação: www.areiasdoseixo.com

6. Inspira Santa Marta Hotel – Lisboa

 

Mesmo no coração da cidade de Lisboa é possível encontrar um hotel verde que elimina o desperdício, mas não poupa no bem-estar, nem no conforto dos seus hóspedes. Uma verdadeira inspiração ecológica, neste espaço, todos os passos são amigos do ambiente: iluminação economizadora, redutores do caudal de água, termoacumuladores, eletrodomésticos eficientes, sistemas de reciclagem e produtos de limpeza ecológicos, entre outros gestos verdes que são diários e que pretendem minimizar o impacto ambiental ao máximo. Aqui, para além de nos sentirmos em casa, sentimos que estamos a fazer a diferença… e o planeta agradece!

Mais informação: www.inspirahotels.com

7. Cocoon Eco Design Lodges – Comporta, Alcácer do Sal

 

Um modelo de turismo ambientalmente responsável – assim se define o conceito deste hotel onde, entre mobile homes e tendas marroquinas, todos os espaços de alojamento foram criados com material reciclado, sendo ainda completamente amovíveis, reduzindo assim o impacto ambiental. Evita-se assim a impermeabilização do solo, assegurando-se, em simultâneo, a replantação das espécies locais. A gestão diária do espaço é igualmente ecológica, nomeadamente ao nível dos recursos energéticos e dos resíduos. Uma vez instalado, depois é só usufruir dos lounges zen e do lago biológico, aproveitando para conhecer bem de perto a horta biológica e a casa da árvore. A Comporta está cada vez mais verde…

Mais informação: www.cocoonlodges.com

8. L’AND Vineyards – Montemor, Alentejo

 

Num resort de luxo onde o vinho e os sabores gourmet têm um enorme destaque, também há espaço para um estilo de vida 100% ecológico. Com paisagens deslumbrantes (onde não faltam as vinhas) e infraestruturas exclusivas, aqui pretende-se preservar a beleza que nos rodeia. Como? Privilegiando uma agricultura sustentável, a eficiência energética, a qualificação ambiental, os produtos biológicos e sazonais e, de preferência, locais. Para assegurar um contacto com a beleza natural 24 horas por dia, cada quarto tem um teto que recolhe, permitindo que os hóspedes possam dormir debaixo das estrelas. Quem diz que ser verde não é cool?

Mais informação: www.l-andvineyards.com

9. Imani Country House – Évora, Alentejo

 

Em Swahili, “imani” significa “acreditar” e, nesta country house, é preciso ver para acreditar! Uma maravilhosa propriedade de 13 hectares cuja construção teve na sua base a reciclagem e a reutilização… gestos ecológicos que continuam no dia-a-dia deste espaço tão acolhedor e onde 95% da iluminação é economizadora e a água quente é pré-aquecida por painéis solares. No Inverno, o aconchego é garantido por lenha que é proveniente das limpezas florestais e 80% do lixo desta casa é reciclado. Não são utilizados pesticidas e aqui, tanto dentro como fora, respira-se ar puro.

Mais informação: www.imani.pt

10. Zmar – Eco Camping Resort & Spa – Zambujeira do Mar, Alentejo

 

“Verde para crer” é o lema deste Eco Camping Resort & Spa situado na costa alentejana e é levado à letra! Toda a madeira usada para a sua construção é proveniente de florestas certificadas; o mobiliário e sinalética exterior são compostos por plástico reciclado; os edifícios estão dispostos para aproveitar a sombra e as janelas permitem uma boa circulação do ar, de forma a minimizar o uso do ar condicionado;  inúmeros painéis fotovoltaicos aproveitam a energia solar, que é depois utilizada para iluminar as zonas comuns do resort; a circulação de automóveis é limitada, existindo carrinhos elétricos para o efeito; aqui só se usa papel reciclado e lâmpadas económicas; o óleo das cozinhas é posteriormente reciclado; os sabonetes são de origem vegetal e os produtos de limpeza são naturais e biodegradáveis… Uma estadia 100% amiga do ambiente, onde não falta diversão e descontração!