5 aldeias de sonho para visitar na Serra da Estrela


1. Loriga

Uma estrada serpenteante e magnifica para o turismo, bem lançada em audaciosas curvas pelas encostas da serra onde a engenharia moderna pôs todos os seus recursos, leva-o a Loriga onde ao chegar contemplará embevecido o casario branco para, de imediato, lhe dar a impressão de que assenta sobre um trono onde a Natureza parece ser soberana num verdadeiro reino de esplendor. Estes montes que a circundam e lhe ornam a fronte, oferecem aos visitantes surpreendentes paisagens, ao mesmo tempo o abismando na miragem dos cerros íngremes, cortados a pique, ou na ondulação caprichosa de vales e montes, onde a água cristalina brota e desliza, como cantando numa rumorejante melancolia por todo o lado e, as suas ribeiras, de braços abertos essas águas recebem para oferecerem aos rios e estes as levarem ao mar.

 

2. Cabeça

Em plena serra da Estrela encontramos a aldeia de Cabeça, uma pitoresca aldeia onde predomina o casario em xisto, um local repleto de encantos e histórias que vale a pena desvendar. A tradição e a identidade desta aldeia está muito associada ao cultivo dos campos em socalco e à pastorícia. Cabeça, terra lendária dos cavaleiros das Esporas de Ouro, é freguesia desde 13 de Janeiro de 1800.

 

3. Folgosinho

Folgosinho é uma bela vila no coração da Serra da Estrela, a qual, graças à sua posição privilegiada na encosta norte da serra, a 933 metros de altitude, permite uma atmosfera e uma vista espectacular da serra assim como de imensas povoações em redor. A beleza de Folgosinho e do cenário que a envolve é ainda mais acentuada quando vista do topo do seu pequeno mas belo e elegante castelo, ao qual foi adicionado um relógio na torre principal, visível ao longe quando se percorre a vila.

 

4. Alvoco da Serra

Situada no coração do Parque Natural da Serra da Estrela, Alvoco da Serra é uma localidade de fortes tradições e origens muito antigas, conservando alguns vestígios da presença dos romanos, nomeadamente uma calçada onde foram encontradas moedas da época. Em redor, não faltam múltiplas possibilidades para óptimos passeios, à descoberta das maravilhas e segredos da serra, entre lendas e histórias antigas.

 

5. Linhares da Beira

Situada na vertente ocidental da Serra da Estrela, Linhares da Beira terá tido origem num castro lusitano. De facto, os Montes Hermínios (era este o nome lusitano da Serra da Estrela), com as suas pastagens, abundância de águas e o enquadramento protector da montanha era um dos locais habitados por esta tribo ibérica, de que muitos portugueses se consideram descendentes. O linho, que foi noutros tempos uma das culturas importantes da região, estará na origem do nome Linhares, literalmente campo de linho.

  • 5 aldeias de sonho para visitar na Serra da Estrela