Sugerimos que verifique as datas abaixo com um posto de turismo, porque eles podem variar muito de ano para ano. Às vezes, ajustes de última hora são feitos devido a problemas de agendamento.

Janeiro

Festa de São Gonçalo e São Cristovão, Vila Nova de Gaia, do outro lado do rio do Porto. Estes assemelham-se aos ritos de fertilidade e são dois dos festivais religiosos mais frequentados em Portugal. Uma imagem de São Gonçalo é desfilada pelas ruas estreitas enquanto os foliões batem tambores. Barqueiros ao longo do Douro transportam uma figura de São Cristovão com uma enorme cabeça descendo o rio. Muito vinho do porto é bebido, e bolos assados em formas fálicas são consumidos por todos

Fevereiro a abril

Carnaval (Mardi Gras), em todo o país, nomeadamente na Nazaré, Ovar, Loulé e Funchal (Madeira). Cada cidade tem sua maneira única de celebrar este festival final antes da Quaresma. Marcadores mascarados, carros alegóricos enfeitados com flores e veículos satíricamente decorados marcam a ocasião. Comida e vinho são consumidos em abundância. Para mais detalhes, consulte o Serviço Nacional de Turismo de Portugal. Fevereiro ou março.

Páscoa, em todo Portugal. Algumas das festas mais notáveis acontecem na Póvoa de Varzim, Ovar, e especialmente na cidade de Braga, onde as procissões da Semana Santa exibem manifestantes mascarados e carros alegóricos, fogos de artifício, danças folclóricas e desfiles de tochas. Para mais detalhes, consulte o Serviço Nacional de Turismo de Portugal. Março ou abril.

Maio

Festas das Cruzes, Barcelos, no rio Cávado, perto de Braga. Desde 1504, este festival foi celebrado com uma procissão do Milagre da Cruz centrada em um tapete feito de milhões de pétalas de flores. As mulheres de vestido regional colorido adornam-se com grandes correntes de ouro. Um gigantesco espetáculo de fogos de artifício no rio sinaliza o fim do festival.

Primeira peregrinação do ano a Fátima. Em 1930, o bispo de Leiria autorizou peregrinações a este local. Hoje, pessoas de todo o mundo vêm aqui para comemorar a primeira aparição da Virgem aos pastorinhos em 1917. A última peregrinação do ano é em outubro. Faça reservas de hotel com meses de antecedência ou pretenda ficar em uma cidade vizinha. Para mais informações, ligue para o posto de turismo de Fátima www.rt-leiriafatima.pt Meados de maio.

Junho

Feira Nacional da Agricultura (também conhecida como a Feira do Ribatejo), Santarém, norte de Lisboa no rio Tejo. Esta é a mais importante feira agrícola em Portugal. Os melhores cavalos e gado de todas as províncias estão à mostra, e shows de cavalos e touradas animam o festival. Pavilhões de comida apresentam várias cozinhas regionais. 

Festa de São João, Porto, casa do famoso vinho do Porto. Honrando São João (St. John), este festival colorido apresenta fogueiras, cantando e dançando a noite toda, e procissões de locais em trajes coloridos. (www.portoturismo.pt) para mais informações. 23 e 24 de junho.

Festas dos Santos Populares, em toda a cidade de Lisboa. As celebrações começam nos dias 13 e 14 de junho no Alfama, com festas em homenagem a Santo Antônio. Desfiles comemorativos do padroeiro da cidade apresentam marchas (desfilando grupos de cantores e músicos) ao longo da Avenida da Liberdade, e há muito de cantar, dançar, beber vinho e comer de sardinha assada. Nos dias 23 e 24 de junho, para a festa de São João Batista, as fogueiras iluminam a noite e os participantes saltam sobre elas. A noite da celebração final é a festa de São Pedro no dia 29 de junho. O escritório turístico de Lisboa www.visitlisboa.com fornece detalhes sobre onde alguns dos eventos são encenados, embora grande parte da ação é espontânea. Meados de junho a 30 de junho.

Festas do São Pedro, Montijo, perto de Lisboa. Este festival em homenagem a São Pedro tem sido realizado desde os tempos medievais. O último dia apresenta uma bênção dos barcos e uma colorida procissão. As sardinhas assadas são o principal item do cardápio. Criadores de touro trazem seus animais para a cidade e os liberam pelas ruas para perseguir jovens tolos, que são frequentemente feridos ou mortos permanentemente. Há também touradas. Na noite final, os participantes observam o rito pagão de pôr fogo em uma embarcação e oferecê-la como sacrifício ao rio Tejo. 

Julho

Colete Encarnado, Vila Franca de Xira, norte de Lisboa às margens do rio Tejo. Tal como a mais famosa feira de Pamplona, em Espanha, este festival envolve touros a atravessar ruas estreitas, seguidos por touradas sensacionais em que os aficionados consideram a melhor praça de touros de Portugal. A dança do fandango e a competição ao estilo de rodeio entre os campinos do Ribatejo (cowboys) marcam o evento. Para mais informações

Festival do Estoril. Fora de Lisboa, na estância balnear do Estoril, este festival de música clássica ocupa duas salas de concertos que foram construídas para o 500º aniversário da primeira viagem de Colombo ao Novo Mundo. Para mais informações, escreva a Associação Internacional de Música da Costa do Estoril, Galerías Estoril, Rua de Lisboa Estoril www.estorilfestival.net). No início de julho até a primeira semana de agosto (as datas variam).

Agosto

Festa de Nossa Senhora do Monte, Madeira. Em Assumption Eve and Day (14 a 15 de agosto), o festival religioso mais importante da ilha começa com adoração devota e clímax em uma explosão de diversão. Música, dança, comida e bebida em geral e carícias duram até o amanhecer. Para mais informações, 

Festas da Senhora da Agonia, Viana do Castelo, na foz do rio Lima, a norte do Porto. O festival mais espetacular do norte homenageia Nossa Senhora do Sofrimento. Uma réplica da Virgem é levada pelas ruas sobre tapetes de flores. O bispo dirige uma procissão de pescadores para o mar para abençoar os barcos. Desfiles cheios de float marcam o evento de 5 dias e noites como um momento de folia e comemoração. Uma chama de fogos de artifício termina o festival.

Setembro

Romaria de Nossa Senhora da Nazaré, Nazaré, a aldeia piscatória mais famosa de Portugal. O evento (Nossa Senhora da Nazaré) inclui danças folclóricas, canto e touradas. A grande atração é a procissão que leva a imagem de Nossa Senhora de Nazaré até o mar. Para mais informações, ligue para tel. 26 / 255-00-10. De início a meados de setembro.

Outubro

Última Peregrinação do Ano a Fátima, traz milhares de peregrinos de todo o mundo, que descem sobre Fátima para marcar a ocasião da última aparição da Virgem, que se diz ter ocorrido em 12 de outubro de 1917.  13 de outubro