Mosteiro dos Jerónimos www.mosteirojeronimos.pt): Mais do que qualquer outro edifício eclesiástico em Portugal, este complexo representa a riqueza que derramou em Lisboa das colónias durante a Era dos Descobrimentos. Iniciada em 1502 em Belém, o porto marítimo perto dos portões de Lisboa, é a igreja manuelina mais distinta do mundo. Ricamente adornada e diferente de qualquer outro edifício da Europa, tem, entre outras características, colunas esculpidas em padrões inspirados no aparelhamento de caravelas portuguesas carregadas de riquezas do Brasil e da Índia.
 
Palácio Nacional de Mafra  www.ippar.pt Este convento era originalmente destinado a abrigar apenas cerca de uma dúzia de monges, mas depois de o rei de Portugal ter sido abençoado com um herdeiro, ele tornou-se obcecado com sua arquitetura e ampliou enormemente sua escala. A construção começou em 1717 e o financiamento veio do ouro importado dos assentamentos portugueses no Brasil. Cerca de 50.000 trabalhadores trabalharam mais de 13 anos para completar o convento. Hoje, os prédios cobrem 4 hectares (9 acres) e incluem um palácio real, além de acomodações para 300 monges. Um parque cuja muralha externa mede 19 km (12 milhas) circunda o complexo.
 
Mosteiro de Santa Maria Mais estreitamente associado às guerras portuguesas contra os mouros do que quase qualquer outro local da Península Ibérica, este mosteiro foi um presente do primeiro rei português (Afonso Henríques) para os cistercienses em 1153. Como parte de um dos projetos mais dramáticos de melhoria da história portuguesa, uma comunidade de monges ascéticos limparam as florestas vizinhas, plantaram, cavaram valas de irrigação e construíram uma igreja elevada (concluída em 1253) que Os críticos citam como um dos mais puros e mais habilmente simples na Europa.
 
Mosteiro de Santa Maria da Vitória  Em 1385, os espanhóis espanhóis e os portugueses, liderados por um jovem que havia sido coroado apenas uma semana antes, combateram um dos mais cruciais batalhas na história ibérica. O resultado garantiu a independência de Portugal por mais de 200 anos. Foi celebrado com a construção do mosteiro da Batalha, cujo estilo é um triunfo do estilo gótico manuelino e flamboyant.
 

Convento da Ordem de Cristo Construído em 1160 ao longo da fronteira muçulmano-cristã mais disputada da Península Ibérica, este convento era originalmente destinado como uma fortaleza monástica. Programas sucessivos de construção duraram meio século, criando um museu de diversos estilos arquitetônicos. Algumas das janelas interiores, adornadas com entalhes de pedras, corais, fragatas, algas, cabos e sobreiros, são os mais esplêndidos exemplos de decoração manuelina no mundo.