história da Europa sem referir a Idade Média ou Idade das Trevas, como é muitas vezes nomeada. Um período de cerca de 1000 anos, caraterizado pela ascensão da Igreja Católica e pela decadência da cultura e das artes, o que não quer de todo dizer que não haja uma herança cultural desse período. Há, e até bem marcada, especialmente a nível arquitetónico. Catedrais, castelos, fortalezas e muralhas proliferaram durante este período, sendo esse o principal legado que os nossos antepassados medievais nos deixaram

 

Avila, Espanha

San Gimignano, Toscana, Itália

Rocamadour, França

Dubrovnik, Croácia

Cochem, Alemanha

Carcassonne, França

Tallinn, Estónia

Bruges, Bélgica

Colmar, França

San Marino, República de San Marino

Motovun, Croácia

Rothenburg ob der Tauber, Alemanha

Sully-sur-Loire, França

Saint-Émilion, França

Besalú, Espanha

Óbidos, Portugal

 

Portugal é um destino incrível. Óbidos fica a 1 hora de carro de Lisboa; é um belo destino para os amantes das cidades medievais, classificada como uma das mais belas cidades fortificadas da Europa, Óbidos parece congelada no tempo.

A vila medieval de Óbidos é uma das mais pitorescas e bem preservadas de Portugal. 

Suficientemente perto da capital e situada num ponto alto, próximo da costa atlântica, Óbidos teve uma importância estratégica no território. Já ocupada antes de os romanos chegarem à Península Ibérica, a vila tornou-se mais próspera a partir do momento em que foi escolhida pela família real. Desde que o rei D. Dinis a ofereceu a sua esposa D. Isabel, no séc. XIII, ficou a pertencer à Casa das Rainhas que, ao longo das várias dinastias, a foram beneficiando e enriquecendo. É uma das principais razões para se encontrarem tantas igrejas nesta pequena localidade.

Dentro de muralhas, encontramos um castelo bem conservado e um labirinto de ruas e casas brancas que encantam quem por ali se passeia. Entre pórticos manuelinos, janelas floridas e pequenos largos, encontram-se vários motivos de visita, bons exemplos da arquitetura religiosa e civil dos tempos áureos da vila.